BRASILGÁS

BRASILGÁS

Aragom Modas

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Polícia diz que sindicalista morto em emboscada na Bahia foi assassinado a mando de mulher que queria cargo dele

Presidente do sindicato foi morto a tiros — Foto: Divulgação/Polícia Civil
Presidente do sindicato foi morto a tiros | Foto: Divulgação/Polícia Civil
A Polícia Civil concluiu que o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos da cidade de Central, no norte da Bahia, Aroldo Pereira de Souza, de 47 anos, morto a tiros no final de 2018, foi assassinado a mando de uma mulher que queria ocupar o cargo dele. A suspeita e um sobrinho dela, apontado como executor do crime, foram presos. 

Aroldo foi morto no sítio onde morava, no povoado de Larguinha, no dia 8 de novembro. O inquérito sobre o crime foi concluído e encaminhado pela Polícia Civil ao Ministério Público na segunda-feira (4), pelo delegado Michael Alves, titular da Delegacia Territorial (DT) de Central, que investigou o crime. 

De acordo com o delegado, durante as investigações foram feitas perícias e colhidos dezenas de depoimentos, até o cumprimento de mandados de busca e apreensão e de prisão dos autores. Sandra Ferreira da Rocha e o sobrinho Leandro Ferreira Rocha foram apontados como mandante e executor do crime, respectivamente. Sandra teve a prisão temporária cumprida na segunda-feira (28), enquanto Leandro foi preso 13 dias depois do crime. 

Conforme a Polícia Civil, tia e sobrinho eram sindicalizados, e Sandra almejava a presidência do sindicato. Aroldo sofreu uma emboscada e foi morto quando voltava para a roça onde morava. A Polícia Civil informou ainda que Leandro acumula passagens na polícia, já tendo sido preso por receptação de veículo roubado, e está sendo investigado por outro homicídio na região.

Do Portal NS/Fonte: G1 BA

Nenhum comentário: