BRASILGÁS

BRASILGÁS

Aragom Modas

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Oito funcionários da Vale são presos em operação sobre rompimento da barragem em Brumadinho

Foto aérea da devastação provocada pela lama em Brumadinho | Foto: Cavex/Divulgação
Foto aérea da devastação provocada pela lama em Brumadinho | Foto: Cavex/Divulgação
Oito pessoas foram presas nesta sexta-feira (15) durante uma operação que visa apurar responsabilidade criminal pelo rompimento da barragem na Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho. 

A ação foi deflagrada pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), com apoio das Polícias Civil e Militar, e dos Ministérios Públicos do Rio de Janeiro e de São Paulo, e teve como propósito o cumprimento de 14 mandados de busca e apreensão e de oito mandados de prisão temporária expedidos pelo Juízo da Comarca de Brumadinho. 

De acordo com o Ministério Púbico de Minas Gerais, os oito investigados presos são funcionários da Vale, entre eles, quatro gerentes (dois deles, executivos) e quatro integrantes das respectivas equipes técnicas. Conforme o MP, todos são diretamente envolvidos na segurança e estabilidade da Barragem 1, rompida no dia 25 de janeiro. 

Foram, ainda, alvos de busca e apreensão, em São Paulo e Belo Horizonte, quatro funcionários (um diretor, um gerente e dois integrantes do corpo técnico) da empresa alemã Tüv Süd, a qual prestou serviços para a Vale, referentes à estabilidade da barragem rompida. Também foi cumprido mandado de busca e apreensão na sede da empresa Vale, no Rio de Janeiro. Os documentos e provas apreendidos serão encaminhados ao MPMG para análise. 

De acordo com os promotores de Justiça, as medidas estão amparadas em elementos concretos colhidos até o momento nas investigações conduzidas pela força-tarefa e são imprescindíveis para a completa apuração dos fatos.
Notícias de Santaluz

Nenhum comentário: