BRASILGÁS

BRASILGÁS

Aragom Modas

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Ex-Frenéticas, Edyr de Castro morre aos 72 anos por falência múltipla de órgãos

Ex-Frenéticas, Edyr de Castro morre aos 72 anos por falência múltipla de órgãos
Foto: Reprodução / Globo
A cantora e atriz Edyr Castro morreu na manhã desta terça-feira (15) aos 72 anos após falência múltipla dos órgãos. Integrante do grupo As Frenéticas, a veterana estava internada com pneumonia no Hospital Lourenço Jorge, no Rio, tinha Mal de Alzheimer e viveu os últimos anos no Retiro dos Artistas.

O velório da ex-Frenética acontece na quarta, às 10h. A cremação está marcada para as 13h. As Frenéticas surgiram em 1976. Edyr, Leiloca Neves, Dhu Moraes, Lidoka Martuscelli (falecida em 2016) e Regina Chaves e Sandra Pêra eram a garçonetes da casa que, de surpresa, subiam no palco para cantar algumas músicas.
O primeiro sucesso do grupo foi com "Perigosa", canção de Rita Lee e Nelson Motta. O grupo também foi responsável pela música "Dancin' Days", tema da novela homônima, de 1978. Desfeito em 1984, o grupo voltou algumas vezes em ocasiões especiais. O último show da cantora com as Frenéticas foi em 2011, em Florianópolis.

Como atriz, Edyr de Castro participou de algumas novelas, entre elas, "Roque Santeiro" (1985), "Cambalacho" (1986), "Agora é que são elas" (2003) e "Sinhá Moça" (2006), todas da TV Globo. Seu último papel na TV foi na novela "Poder paralelo", em 2009 na TV Record. Ela deixa uma filha, Joy, que teve com o cantor e compositor Zé Rodrix, falecido em 2009.

Do Portal Bahia Notícias

Nenhum comentário: