BRASILGÁS

BRASILGÁS

Aragom Modas

Lucas Chicabana

Lucas Chicabana
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

terça-feira, 1 de janeiro de 2019

Bolsonaro recebe faixa presidencial e promete restabelecer a ordem no Brasil

Bolsonaro recebe faixa presidencial e promete restabelecer a ordem no Brasil
Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil
O presidente Jair Bolsonaro recebeu do agora ex-presidente Michel Temer a faixa presidencial durante cerimônia realizada no Palácio do Planalto nesta terça-feira (1º). Em seguida ele se dirigiu ao público que acompanha a cerimônia de posse em Brasília e prometeu restabelecer a ordem no Brasil.

"Por muito tempo, o país foi governado atendendo a interesses partidários, que não os dos brasileiros. Vamos restabelecer a ordem neste país", declarou Bolsonaro. Durante sua fala, ele reformou a necessidade de transformação na política e combate a corrupção. Segundo o presidente, seus eleitores o permitiram "montar um governo sem conchavos ou acertos políticos".

Assim como fez em discurso no Congresso, Bolsonaro destacou a necessidade de combater ideologias que ele considera "nefastas". "Me coloco diante de toda nação neste dia, como o dia que o povo começou a se libertar do socialismo, se libertar da inversão de valores, do gigantismo estatal e do politicamente correto. As eleições deram voz a quem não era ouvido", disse.

"Também é urgente acabar com a ideologia que defende bandidos e criminaliza policiais, que levou o Brasil a viver o aumento dos índices de violência", declarou o presidente, que também falou em "restabelecer padrões éticos e morais" durante sua gestão.

Bolsonaro também disse que seu governo vai buscar promover a desburocratização para combater os problemas do país. "Temos o grande desafio de enfrentar os desafios da crise econômica, do desemprego recorde, da ideologização das nossas crianças, do desvirtuamento dos direitos humanos e da desconstrução da família", comentou.

Do Portal Bahia Notícias/por Guilherme Ferreira

Nenhum comentário: