BRASILGÁS

BRASILGÁS

Aragom Modas

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Atleta de Santaluz é convidado para jogar em equipe de handebol em Portugal

Convite de clube português para atleta luzense de handebol | Foto: Arquivo pessoal
Convite de clube português para atleta luzense de handebol | Foto: Arquivo pessoal
O atleta de handebol de Santaluz, na região sisaleira da Bahia, Rick Marley Silva Martins, de 18 anos, está prestes a embarcar para Portugal. Nesta quarta-feira (16), ele recebeu convite da União Juventude de Alverca para disputar a 3ª divisão do campeonato português da modalidade.

“Me senti muito feliz ao receber o convite formal da equipe portuguesa. Além da experiência internacional e da possibilidade de conhecer outro país, sinto orgulho por ter a possibilidade de representar Santaluz, minha terra natal, em outro continente”, comemora, emocionado, o atleta luzense.

Apesar da pouca idade, Rick Marley tem experiência em diversas competições importantes e vai levar na bagagem para Portugal o título de campeão baiano, jogando pelo Real Clube, da cidade de Feira de Santana, uma das equipes de handebol mais tradicionais do estado. De família humilde, ele foi revelado pelo projeto social Handebol Solidário, que é desenvolvido pela atleta Luciana Conceição dos Santos, a ‘Nega Lu’.
Ao lado de Nega Lu, Rick Marley comemora convite para jogar handebol em Portugal | Foto: Notícias de Santaluz
Ao lado de Nega Lu, Rick Marley comemora convite para jogar handebol em Portugal | Foto: Notícias de Santaluz
Enbora esteja empolgado com a primeira convocação internacional, o jovem luzense ainda não tem a passagem de ida para Portugal assegurada. “A partir de amanhã, já começa o corre-corre da emissão do passaporte e outros detalhes, pois, a viagem está prevista para o início de fevereiro. O mais difícil, no entanto, é a compra da passagem, porque não tenho o recurso financeiro necessário para custear a viagem, sem contar com uma reserva para alguma despesa emergencial”, diz o atleta.

Treinadora de Rick Marley, Nega Lu disse que vai se mobilizar para ajudar o jovem. “É uma oportunidade importante para ele. O handebol sempre foi a vida de Rick, por isso vou tentar mobilizar alguns amigos para ajudá-lo. Tenho certeza de que dará tudo certo, com fé em Deus”, afirma a coordenadora do projeto Handebol Solidário.
Notícias de Santaluz

Nenhum comentário: