BRASILGÁS

BRASILGÁS

Aragom Modas

Lucas Chicabana

Lucas Chicabana
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

quinta-feira, 1 de novembro de 2018

Animais agonizam e morrem sob suspeita de envenenamento no Centro de Barrocas

Cão espumando pela boca, cambaleava pela Av.: Antonio Pinheiro da Mota, antes de morrer.

Na manhã desta quinta-feira (1), um cachorro caminhou até a frente do local de trabalho do carpinteiro Cosme, conhecido como Dua, na Avenida Antonio Pinheiro da Mota, e começou agonizar dando sinais de que havia sido envenenado. Sem poder evitar a morte, o carpinteiro assistiu o animal cair ao chão após minutos de sofrimento até parar de respirar.

Nos fundos da serralheria do carpinteiro, fica um terreno aberto que aglomera diversos animais, uns presos outros soltos: Cachorros, cavalos, galinhas e gados são vistos diariamente, em vários dias de outubro um morador relatou que galinhas da sua propriedade amanheceram mortas, também suspeita de venenamento. 


O clima entre os moradores era de dúvida, até que na manhã de hoje, um urubu foi visto comendo os restos de uma das galinhas, minutos após comer toda carcaça da ave, também agonizou e morreu no local. Com a morte de três espécies diferente, os morador  acreditam que todos ingerira veneno. 

"Estão jogando esse veneno pra matar pombos, mas quem tá morrendo são outros bichos, aqui o vizinho perdeu um monte de galinha, hoje de manhã um cachorro e agora esse urubu que já joguei em um corredor pra não feder aqui na rua", contou o carpinteiro Dua. 


Ele acredita que a galinha comeu o veneno e morreu, o cachorro e o urubu consumiram os restos da ave e consequentemente tiveram o fim trágico. A cena do cachorro foi vista mais uma vez pelo carpinteiro, segundo ele durante a tarde desta quinta-feira (1) ainda viu outro cão agonizando próximo do local da morte do que morreu pela manhã, mas dessa vez o animal seguiu caminhando, ele não foi mais visto, por isso não se sabemos o seu estado.
@ Nossa Voz - Por Victor Santos

Nenhum comentário: