BRASILGÁS

BRASILGÁS

Aragom Modas

Lucas Chicabana

Lucas Chicabana
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

domingo, 14 de outubro de 2018

Vitória vence a Chapecoense fora de casa e deixa a zona de rebaixamento

Após quatro derrotas consecutivas, o Vitória voltou a vencer na Série A. O Rubro-Negro foi até a Arena Condá e venceu a Chapecoense por 1 a 0, na manhã deste domingo (14).
O gol do segundo triunfo fora de casa na competição foi marcado por Lucas Fernandes, no primeiro tempo. Até aqui, o time baiano só havia vencido o Vasco longe de Salvador, ainda no primeiro turno.
Com a vitória, o Leão foi aos 32 pontos ganhos, deixou a zona de rebaixamento e assumiu a 14ª colocação. Agora, os comandados de Paulo Cézar Carpegiani voltam ao Barradão para enfrentar o Corinthians, no próximo domingo (21), às 16h.

 

PRIMEIRO-TEMPO
O jogo começou frio, mas a Chapecoense teve a primeira chance aos seis minutos. Em bola levantada na área, Leandro Pereira ajeitou de cabeça para Amaral, que furou a cabeçada.
A resposta do Vitória veio um minuto depois. EM contra-ataque, Lucas Fernandes partiu em velocidade, driblou um marcador na área e chutou colocado. A bola raspou a trade de Jandrei.
Aos 11 minutos, a Chape chegou com perigo mais uma vez. Leandro Pereira recebeu lançamento percebeu escorregão de Ronaldo e tentou por cobertura. A bola bateu na rede pelo lado de fora.
Aos 19 minutos, o Vitória voltou a assustar. Lucas Fernandes recebeu passe na área e chutou forte. Jandrei fez bela defesa, mas no rebote Walter Bou tentou emendar uma bicicleta mandou a bola por cima do gol.
Aos 25, o Rubro-Negro apertou a saída de bola e conseguiu armar uma jogada. Walter Bou cruzou a bola na área, Lucas Fernandes emendou chute de primeira, mas mandou para fora.
Oas 31, o Leão teve outra grande chance. Lucas Fernandes partiu em velocidade, fez fila na zaga da Chape, invadiu a área e chutou cruzado. A bola passou perto da trave.
Dois minutos depois, o time catarinense foi quem assustou. Após bola cruzada na área, Aderllan furou e Ronaldo saiu para fazer a defesa antes da chegada de Leandro Pereira.
Mas, aos 37 minutos, o Vitória não desperdiçou o contra-ataque. Em boa troca de passes, Rodrigo Andrade abriu para Erick na esquerda. Na segunda tentativa de cruzamento, o camisa 11 colocou na cabeça de Lucas Fernandes, que mandou nas redes de Jandrei.
SEGUNDO-TEMPO
Logo no primeiro minuto do segundo tempo, a Chapecoense assustou. Doffo recebeu bola entre os zagueiros, tentou o chute e mandou perto do gol.
Aos 16 minutos, o Vitória teve uma chance na bola parada. Em cobrança de falta, Erick acertou o travessão de Jandrei.
Dois minutos depois, a Chape teve sua melhor chance. Após bola cruzada na área, Doffo, de frente para o gol, pegou muito embaixo e isolou o que poderia ser o empate.
Aos 27, o Leão tentou aumentar em bola parada. André Lima cobrou falta colocada e mandou à esquerda do gol.
Aos 48 minutos, o Vitória ainda teve a chance de aumentar. Em contra-ataque, Erick lançou Neilton na área. O atacante dançou na frente do marcador e chutou forte. A bola explodiu no travessão.
Chapecoense x Vitória
Brasileirão Série A – 29ª rodada
Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data e Horário: 14/10/2018, às 11h
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS). Assistentes: Jorge Eduardo Bernadi (RS) e Rafael da Silva Alves (RS). Assistentes adicionais: Daniel Aloysius Soder (RS) e Roger Goulart (RS)
Cartões amarelos: Osman, Amaral, Alan Ruschel (CHA); Léo Gomes, Ramon (VIT)
Gols: Lucas Fernandes (VIT)
Chapecoense
Jandrei; Marcos Vinícius, Thyere, Douglas e Alan Ruschel; Amaral, Barreto (Bruno Silva), Yann (Diego Torres) e Doffo; Vinícius (Osman) e Leandro Pereira. Técnico: Guto Ferreira.
Vitória
Ronaldo; Jeferson, Ramon, Aderllan e Fabiano; Willian Farias, Léo Gomes e Rodrigo Andrade (Arouca); Lucas Fernandes (Neilton), Erick e Walter Bou (André Lima). Técnico: Paulo Cézar Carpegiani. 
Do Portal Galáticos Online

Nenhum comentário: