BRASILGÁS

BRASILGÁS

Aragom Modas

Lucas Chicabana

Lucas Chicabana
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

terça-feira, 9 de outubro de 2018

Mulher é presa após se passar por parente de idosa para dar golpe

Documentos e cartões apreendidos pela polícia da cidade de Canavieiras | Foto: Divulgação: Polícia Civil
Documentos e cartões apreendidos pela polícia da cidade de Canavieiras | Foto: Divulgação: Polícia Civil
Uma mulher foi presa em flagrante por suspeita de estelionato contra uma idosa de 82 anos na cidade de Canavieiras, no sul baiano. Segundo as investigações da polícia, a suspeita enganou Maria Luzia de Jesus afirmando ser sua parente para conquistar a confiança dela e, assim, fazer saques no banco. 

A prisão em flagrante aconteceu no sábado (6), na casa da suspeita em Canavieiras, para onde a idosa foi levada por ela e ficou durante uma semana. Segundo o delegado da Delegacia Territorial (DT) de Canavieiras, a idosa morava sozinha na cidade de Santa Luzia, onde a suspeita identificada como Laytyane Costa se apresentou como sua parente. A mulher teria dito que a idosa tinha um dinheiro para receber e a convenceu a ir com ela para Canavieiras. 

A polícia aponta que ela reteve o cartão da conta bancária da vítima e realizou saques de valores de benefícios, de pensão e aposentadoria. No momento da prisão, Laytyane tentou fugir quando os policias civis chegaram, mas foi alcançada. Com ela, foram encontrados os documentos da idosa, 17 cartões de benefício de aposentados, procurações e contratos de empréstimos consignados, além dos documentos pessoais da vítima. 

A mulher, que atuava na cidade de Canavieiras como cuidadora de idosos, foi atuada em flagrante por estelionato e por retenção de cartão magnético, crime descrito no Estatuto do Idoso. Ela segue presa. Após a prisão, mais seis denúncias de crimes atribuídos a ela chegaram à Delegacia de Canavieiras. 

O delegado informou que abriu inquérito decretando a prisão preventiva da Laytyane Costa por formação de bandos e quadrilhas. Segundo informações da delegacia, além da cuidadora, outras cinco pessoas estão sendo investigadas.

Do Portal NS/Fonte: G1 BA

Nenhum comentário: