BRASILGÁS

BRASILGÁS

Aragom Modas

Lucas Chicabana

Lucas Chicabana
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Casos de surto de dermatose em Salvador duram de cinco a seis dias, dizem autoridades

Casos de surto de dermatose em Salvador duram de cinco a seis dias, dizem autoridades
Foto: Reprodução / Facebook
Os casos do surto de dermatose que surgiram nos últimos dias em Salvador não são contagiosos e os sintomas duram de cinco a seis dias. As informações foram passadas por autoridades da área de Saúde da prefeitura de Salvador e do governo do estado durante entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira (24).

"São casos que têm uma duração de cinco a seis dias. Algumas pessoas mais sensíveis, pessoas que têm talvez algum outro problema de saúde, são casos que têm apresentado um quadro dermatológico um pouco mais duradouro", comentou a coordenadora de vigilância epidemiológica de Salvador, Cristiane Cardoso.

A principal suspeita das autoridades é que o surto esteja sendo provocado pela picada de insetos (veja mais). Os 79 casos já registrados estão concentrados no bairro de Patamares. No entanto, Cristiane aponta que o número pode ainda aumentar. "Os 79 são em Patamares com possibilidades de ter 100", disse. Todas as faixas etárias já foram atingidas e os principais sintomas da dermatose investigada são a sensação de picada, lesão na pele muito semelhante a uma picada, associada a uma coceira e prurido intensos.

"Pessoas que possam estar apresentando os mesmos sintomas, mas que por enquanto não pertencem a esta região de Patamares, nós estamos tendo o cuidado de avaliar para poder classificar se isso já seria ou não um caso do surto", comentou a coordenadora de vigilância epidemiológica.

Do Portal Bahia Notícias

Nenhum comentário: