BRASILGÁS

BRASILGÁS

Aragom Modas

Lucas Chicabana

Lucas Chicabana
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Bahia tem dois gols anulados pelo VAR, perde para o Atlético-PR e se complica

O Bahia precisava vencer para abrir vantagem contra o Atlético-PR. O Tricolor chegou a marcar dois gols, mas ambos foram invalidados pelo VAR e acabou derrotado por 1 a 0, diante de mais 23 mil torcedores, na Arena Fonte Nova.
Após os gols anulados de Clayton, no primeiro tempo, e Ramires, no segundo, Pablo não desperdiçou a chance que teve e balançou as redes para o Furacão. 
Com o resultado, o time paranaense foi quem ficou em vantagem para o confronto decisivo por uma vaga na semifinal da Sul-Americana. Na próxima quarta (31), na Arena da Baixada, o Esquadrão terá que vencer por dois gols de diferença para ficar com a vaga, ou por 1 a 0 para levar a decisão para os pênaltis.
PRIMEIRO-TEMPO
O Bahia fez um bom primeiro tempo e tentou de todas a formas abrir o placar. As redes até que foram balançadas, aos 22 minutos, mas o gol foi anulado.
Após rebote da zaga, Clayton esticou a perna em dividida com Nikão e conseguiu mandar para as redes por cima da cabeça do adversário. Mas, após o uso do VAR, o árbitro marcou lance perigoso do atacante tricolor e invalidou o gol.
Aos 36 minutos, o Esquadrão chegou pela ponta. Ramires deu belo passe para Paulinho, que cruzou rasteiro, mas Paulo André cortou antes que a bola chegasse a Edigar Junio.
Quatro minutos depois foi a vez de Gregore assustar. Em jogada individual, o volante partiu quase do meio campo e, na entrada da área, arriscou o chute. A bola passou perto da trave.
Já o Atlético-PR só chegou uma vez com perigo ao gol do Bahia. Aos 45, Da entrada da área, Lucho González chutou colocado e Douglas fez bela defesa para evitar.
SEGUNDO-TEMPO
No segundo tempo, o Tricolor chegou ao gol logo no primeiro minuto. Nino chutou cruzado de fora da área, Ramires apareceu como elemento surpresa e desviou nas redes. Mas, novamente o VAR entrou em ação, desta vez sem consulta ao vídeo, e o árbitro anulou o gol marcando impedimento do volante.
Cinco minutos depois, o time baiano chegou mais uma vez nos pés de Nino. O lateral cruzou bola na área, Lucas Fonseca desviou de cabeça e Santos fez a defesa em cima da linha.
Aos 19 minutos, Ramires cruzou bola na área, Zé Rafael desviou, mas Santos fez grande defesa. Na cobrança do escanteio, a bola foi levantada na área e Lucas Fonseca mandou de cabeça. Santos fez outra bela defesa para salvar.
Mas, dois minutos depois, o Furacão respondeu e não desperdiçou. Após lançamento para o ataque, Nikão raspou de cabeça e a bola sobrou para Pablo na área. Mesmo meio sem ângulo, o atacante pegou forte e estufou as redes de Douglas para abrir o placar.
A última chance do time baiano foi aos 43 minutos da etapa final. De fora da área, Vinicius arriscou uma bomba, tirou tinta da trave, mas não evitou a derrota.
Bahia 0 x 1 Atlético-PR
Copa Sul-Americana - Quartas de final (Jogo de Ida)
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data e Horário: 24/10/2018, às 21h45
Árbitro: Fernando Rapallini (ARG). Assistentes: Diego Bonfa (ARG) e Gustavo Rossi (ARG). Árbitro de vídeo: Gery Vargas (BOL), auxiliado por Nicolas Gallo (COL) e Hernan Maidana (ARG)
Cartões amarelos: Lucho Gonzáles, Marcelo Cirino, Léo Pereira, Pablo (ATP); Júnior Brumado (BAH)
Gols: Pablo (ATP)
 
Bahia
Douglas; Nino Paraíba, Jackson, Lucas Fonseca e Paulinho; Elton (Vinicius) e Gregore; Ramires, Zé Rafael e Clayton (Marco Antônio); Edigar Junio (Júnior Brumado). Técnico: Enderson Moreira.
Atlético-PR
Santos; Jonathan, Paulo André, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington, Lucho González (Bruno Guimarães) e Raphael Veiga (Rony); Marcelo Cirino (Thiago Heleno), Nikão e Pablo. Técnico: Tiago Nunes.
Do Portal Galáticos Online

Nenhum comentário: