BRASILGÁS

BRASILGÁS

Aragom Modas

Lucas Chicabana

Lucas Chicabana
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

sábado, 15 de setembro de 2018

Caixa reduz juros para compra de imóveis de até R$ 1,5 milhão

A Caixa Econômica Federal anunciou hoje a redução da taxa de juros do crédito imobiliário para imóveis com valor de até 1,5 milhão de reais. 
Segundo a Caixa, a taxa mínima passará de 9,5% para 8,75% ao ano, e a máxima, de 11% para 10,25% ao ano. As novas condições passam a valer a partir de 24 de setembro na aquisição de imóveis enquadrados no Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI).
Desde abril, a Caixa vem reduzindo as taxas de juros para financiamento de imóveis. Em abril, o banco baixou em até 1,25 ponto porcentual as taxas para operações com recursos da poupança. O banco também promoveu melhoria das condições no financiamento de imóveis para pessoa física. O limite de cota de financiamento do imóvel usado subiu de 50% para 70%.
Em julho o banco reduziu as taxas do crédito imobiliário para pessoa jurídica. Em agosto, a Caixa promoveu uma redução nos juros do crédito imobiliário com recursos da poupança. O limite de cota de financiamento de imóveis usados para pessoa física também subiu de 70% para 80%.
A Caixa conta neste ano com um orçamento de 85 bilhões de reais para o crédito habitacional. No 1º semestre de 2018 já foram contratados mais de 40 bilhões de reais. Atualmente, a Caixa mantém a liderança no setor com cerca de 70% das operações para aquisição da casa própria.
O banco também informou que vai oferecer um novo serviço de avaliações de imóveis a partir de novembro. Esse serviço vai disponibilizar laudos de avaliação diretamente para pessoas físicas e jurídicas com contratação digital. (Fonte: Veja).
Do Portal Interior da Bahia

Nenhum comentário: