BRASILGÁS

BRASILGÁS

Aragom Modas

Lucas Chicabana

Lucas Chicabana
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Defesa pede absolvição de ex-assessor de Lúcio e Geddel no STF

Dinheiro foi encontrado em quarto de apartamento vazio após denúncia anônima | Divulgação/Polícia Federal
Divulgação/Polícia Federal
A defesa do ex-assessor dos irmãos Vieira Lima (Geddel e Lúcio), Job Ribeiro Brandão, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a absolvição na ação penal na qual o cliente é réu por lavagem de dinheiro. A defesa alega que ele colaborou com a investigação. 

Em maio deste ano, a Segunda Turma da Corte aceitou denúncia contra Brandão, Geddel, Lúcio, e a mãe deles, Marluce Vieira Lima, no caso do apartamento no bairro da Graça, em Salvador, encontrado com R$ 51 milhões em malas. 

“A única conduta que poderia ser atribuída a JOB é a de contar dinheiro e/ou transportar os valores de um local para outro, e, ainda assim, sem qualquer dolo de praticar crime, porque não tinha conhecimento da suposta origem ilícita do numerário que manuseava. Nunca foi detentor de valor algum ou beneficiado por ele, assim como não tinha qualquer poder de decisão sobre aquisição, recebimento, troca, negociação, fornecimento, guarda, depósito, movimentação ou transferência, pois que, tão somente cumpria as ordens emanadas da família Vieira Lima, aparentemente lícitas”, diz trecho do documento enviado ao ministro Edson Fachin, relator da ação penal no STF.

Do Portal NS/Fonte: Bahia Notícias

Nenhum comentário: