BRASILGÁS

BRASILGÁS

BERG ARAGOM NOVO

Lucas Chicabana

Lucas Chicabana
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

sexta-feira, 8 de junho de 2018

Vistoria encontra excesso de remédios na cela de Geddel, que recusa perícia


O ex-ministro Geddel Vieira Lima (Foto: Reprodução/TV Globo
O ex-ministro Geddel Vieira Lima | Foto: Reprodução/TV Globo
O ex-ministro Geddel Vieira Lima, preso no Complexo da Papuda desde 2017, recusou-se a se submeter a uma perícia determinada pela Justiça Federal após a vigilância da prisão encontrar excesso de medicamentos em sua cela em abril deste ano, de acordo com o blog de Andreia Sadi, do portal G1. 

Em decisão do dia 5 de junho, a juíza Leila Cury relatou que mandou apurar “situação fática envolvendo o preso provisório Geddel Quadros Vieira Lima, o qual teria ingerido vários medicamentos e, por isso, estaria “se portando de maneira estranha”. 

Segundo a juíza, a vigilância do CDP (complexo penitenciário) localizou na cela de Geddel diversos medicamentos, como: Nexium 40mg (65 comprimidos); Diazepam 5mg (8 comprimidos); Valium 10mg (4 comprimidos); Hermitartarato de Zolpidem 10 mg (2 comprimidos); Lexapro 10 mg (46 comprimidos); Lexapro 20mg (18 comprimidos); Cewin 500mg (13 comprimidos); Oxalato de escitalopram 20mg (29 comprimidos); Carbamazepina 200mg (10 comprimidos); Tylenol (04 comprimidos); Iboprufeno (07 comprimidos); 01 pomada Trafic e 01 receituário médico. 

Geddel, no entanto, recusou-se a ser submetido a perícia, por “determinação” de seu advogado. Indagado pela juíza, o perito do presídio afirmou “que o uso de todas as medicações apreendidas não é recomendado” e poderia causar a morte do ex-ministro.

Do Portal NS

Nenhum comentário: