BRASILGÁS

BRASILGÁS

BERG ARAGOM NOVO

Lucas Chicabana

Lucas Chicabana
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

segunda-feira, 2 de abril de 2018

Com valores estipulados, Bahia vai exercer opção de compra de meia

Após o primeiro BA-VI decisivo valendo o título baiano de 2018, o diretor de futebol do Bahia, Diego Cerri, foi questionado sobre a permanência do meia Marco Antônio, de 20 apenas anos, e um dos destaques do time nas últimas partidas, inclusive no dérbi deste domingo, infernizando a defesa do Vitória pelo lado esquerdo. O Esquadrão venceu o Leão por 2 a 1, na Arena Fonte Nova, e leva a vantagem do empate para o Barradão.
O diretor de futebol do Bahia, Diego Cerri, elogiou a atuação do atleta, que chegou da Desportiva Paraense por empréstimo em 2016 mas somente este ano com o técnico Guto Ferreira teve oportunidade na equipe principal. De acordo com o dirigente, os valores já estão definidos no contrato e o Tricolor vai exercer a opção de compra do jogador que tem vínculo até o próximo mês de maio.
Veja abaixo o que disse Diego Cerri:
“Marco Antônio é um jogador que veio por empréstimo. Em alguns momentos teve dificuldade de se firmar pela questão de estourar a idade dos juniores no último ano e não conseguir se firmar no profissional. É uma situação difícil, um passo difícil, mas eu renovei duas vezes o empréstimo dele, mantendo a opção de compra. A gente tem tudo estipulado. É um garoto que está indo bem e que provavelmente fica conosco para frente sim. Eu tenho tudo estipulado em contrato, já estipulado valores. Estamos conversando. Agora, o mais importante é que o menino teve muita personalidade. Entrou em outros jogos difíceis também, não foi só nesse e ele acabou conseguindo jogar apenas na reta final do campeonato. Eu até dizia que mais um campeonato estava se passando e eu não estava vendo o Marco Antônio de novo, depois que renovei duas vezes o empréstimo. Ele teve muita personalidade quando teve a oportunidade, quando houve o momento certo que o Guto pôde colocá-lo e foi bem em todas as oportunidades que ele entrou em campo”.
Do Portal Futebol Bahiano

Nenhum comentário: