BRASILGÁS

BRASILGÁS

Aragom Modas

Lucas Chicabana

Lucas Chicabana
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

terça-feira, 17 de abril de 2018

CBF proíbe venda de versão ‘comunista’ de camisa da seleção brasileira

Foto: Reprodução/Divulgação
Foto: Reprodução/Divulgação
A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) proibiu a venda da camisa vermelha da Seleção Brasileira. A versão foi criada pela designer Luísa Cardoso, de Uberlândia, interior de Minas Gerais. 

O traje é todo na cor vermelha com o logo da CBD, antiga CBF, de um lado e o símbolo do comunismo, a foice e o martelo, do outro. A ideia da camisa era dar uma opção às pessoas de esquerda para torcer pro Brasil durante a Copa do Mundo de 2018, ao invés de vestirem a camisa amarela oficial da equipe. A CBF notificou Luísa Cardoso judicialmente comunicando a proibição da comercialização do produto, além de que ela retirasse as imagens da camisa das redes sociais. 

Em entrevista ao blog Vitrine, do Uol, Luísa informou que acatou a ordem, mas disse que não tinha sequer começado a produzir as camisas. Segundo ela, tudo começou apenas como uma piada. A ideia de Luísa é criar uma versão alternativa da camisa do Brasil, mas sem usar o brasão oficial e não mencionar a entidade máxima do futebol brasileiro, para poder comercializá-la.

Do Portal NS

Nenhum comentário: