Gravação do DVD de Lívia Carvalho

Gravação do DVD de Lívia Carvalho

Lucas Chicabana

Lucas Chicabana

BERG ARAGOM NOVO

BRASILGÁS

BRASILGÁS
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

segunda-feira, 9 de abril de 2018

Baianão 2018 acaba em Festa!

A Federação Bahiana de Futebol e a Rede Bahia realizaram no início da tarde desta segunda-feira (9), na churrascaria Boi Preto, na Boca do Rio, a festa de premiação dos destaques do Campeonato Baiano da Série A de 2018. 
Travadas as batalhas em campo, o que ficou lá de negativo já foi esquecido e a festa contemplou o Esporte Clube Bahia, campeão baiano de 2018, após dois anos de jejum. Seu presidente Guilherme Bellintani, membros da diretoria, comissão técnica e jogadores vibraram mais uma vez ao erguerem o troféu.

Os vencedores em cada categoria receberam o troféu que leva o nome do saudoso jornalista e radialista Armando Oliveira. Bahia e Vitória já estão classificados para o Campeonato do Nordeste, enquanto a Juazeirense está garantida no Pré-Nordestão. Bahia de Feira, Fluminense e Jacuipense vão disputar a Série D do Campeonato Brasileiro de 2019.
A cerimônia de premiação transformou-se numa festa do futebol
O presidente da FBF, Ednaldo Rodrigues Gomes, compareceu à cerimônia junto com o vice-presidente Ricardo Lima, futuro presidente da entidade, o assessor jurídico Manfredo Lessa, que será vice-presidente da entidade em 2019, a diretora de competições Taíse Galvão, o presidente de honra da Comissão Estadual de Árbitros de Futebol da Bahia (CEAF-BA), Wilson Paim, e fez um resumo da competição estadual de 2018.

“Avalio este campeonato da forma mais positiva possível. Uma competição empolgante, onde na fase de classificação, na última rodada tudo estava em aberto. As vagas para as semifinais e a luta contra o rebaixamento. A gente verifica que houve um equilíbrio muito grande entre os clubes. Também na semifinal teve muita disputa, haja vista que os jogos de ida terminaram empatados. E a decisão também com dois jogos empolgantes. Então foi uma competição coroada de muito sucesso. É um campeonato que dá empregabilidade a toda cadeia produtiva do futebol. Parabenizo, portanto, aos dez clubes da Série A, aos atletas, comissões técnicas e diretorias destas agremiações. E, finalmente, parabenizar os dois finalistas, principalmente ao campeão baiano de 2018, o Esporte Clube Bahia, e ao Esporte Clube Vitória como vice-campeão, que valorizou bastante esta conquista”, avaliou Ednaldo Rodrigues.
Ednaldo Rodrigues salientou a importância do Campeonato Baiano 

No local, antes de serem conhecidos os melhores do campeonato foram homenageadas as instituições que ajudaram na realização de mais uma edição do Campeonato Baiano. Receberam as homenagens o secretário da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte da Bahia (SETRE), Vicente de Lima Neto, representante do governador Rui Costa na premiação, e o Tenente Coronel Ubiraci Vieira, representando a Polícia Militar da Bahia. Também esteve presente do diretor geral da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), Elias Dourado.
 
A seleção do Baianão 2018: Goleiro – Tigre (Juazeirense), Lateral-direito – Nino Paraíba (Bahia), Zagueiros – Tiago (Bahia) e Paulo Paraíba (Bahia de Feira); Lateral-esquerdo – Deca (Juazeirense); Volantes – Uillian Correia (Vitória) e Fillipe Souto (Vitória); Meias – Zé Rafael (Bahia) e Bruno Matos (Juazeirense); Atacantes – Edigar Junio (Bahia) e Neilton (Vitória).

O técnico vencedor foi Quintino Barbosa, o Barbosinha, do Bahia de Feira. O preparador físico foi Lucas Itaberaba, do Vitória. A equipe mais disciplinada foi a Associação Desportiva Jequié, que não levou um cartão vermelho sequer. As torcidas destaques foram: Cancão de Fogo (Juazeirense), Jegue de Ouro (Jacobina) e ADJ (Jequié).

O craque do Baianão 2018 foi o atacante Neilton, do Vitória, que também conquistou o troféu de artilheiro, com sete gols. A revelação também foi do Vitória: Nickson. O gol mais bonito foi do rubro-negro Denilson, em um chute fantástico do meio de campo, na vitória de 3 a 0 sobre o Bahia de Feira, em 4 de fevereiro, no Barradão.
Arbitragem baiana realizou um campeonato de muita qualidade
O melhor árbitro foi Emerson Ricardo de Almeida Andrade e os assistentes Elicarlos Franco de Oliveira e Marcos Welb Rocha de Amorim. Luanderson Lima dos Santos foi a revelação da arbitragem.

A maior festa do futebol baiano foi também a última de Ednaldo Rodrigues como presidente da entidade. O dirigente realizou a derradeira competição estadual sob a sua gestão, já que no próximo ano estará assumindo a vice-presidência da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). "Minha filha Rafaela disse que só viria numa premiação quando fosse a última que eu realizasse e ela está aqui para o meu orgulho. Desejo toda a sorte do mundo para Ricardo, que ele e Manfredo possam promover um Campeonato Baiano ainda melhor em 2019", finalizou.
Confira abaixo todos os premiados:

Seleção
 
Goleiro: Tigre (Juazeirense)
Lateral-direito: Nino Paraíba (Bahia)
Zagueiro 1: Tiago (Bahia)
Zagueiro 2: Paulo Paraíba (Bahia de Feira)
Lateral-esquerdo: Deca (Juazeirense)
Volante 1: Uillian Correia (Vitória)
Volante 2: Fillipe Soutto (Vitória)
Meia 1: Zé Rafael (Bahia)
Meia 2: Bruno Mattos (Juazeirense)
Atacante 1: Neilton (Vitória)
Atacante 1: Edigar Junio (Bahia)
Técnico: Barbosinha (Bahia de Feira)
 
Demais prêmios
 
Artilheiro: Neilton (Vitória) - 7 gols
Craque do campeonato: Neilton (Vitória)
Revelação: Nickson (Vitória)
Preparador físico: Lucas Itaberaba (Vitória)
Gol mais bonito: Denílson (Vitória)
Melhor árbitro: Emerson Ricardo de Almeida Andrade (CBF/Salvador)
Melhores assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira (CBF/Salvador) e Marcos Welb Rocha de Amorim (CBF/Salvador)
Árbitro revelação: Luanderson Lima dos Santos (CBF/Salvador)
Time Fair Play: Jequié
Melhores torcidas: Jegue de Ouro (Jacobina), Cancão de Fogo (Juazeirense) e ADJ (Jequié)
 

Do Portal FBF/Fotos: Carlos Santana / FBF

Nenhum comentário: