BRASILGÁS

BRASILGÁS

Aragom Modas

Lucas Chicabana

Lucas Chicabana
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

sábado, 17 de março de 2018

Delegacia de Valente é incendiada por presos após celular e armas serem encontrados nas celas

Delegacia de Valente foi temporariamente interditada após princípio de motim | Foto: Notícias de Santaluz
Delegacia de Valente foi temporariamente interditada após princípio de motim | Foto: Notícias de Santaluz
Um princípio de rebelião foi controlado na carceragem da Delegacia de Valente, região sisaleira da Bahia, no início da tarde deste sábado (17). Segundo a Polícia Civil, por volta de 13h, os presos começaram a gritar e atear fogo em pedaços de papéis e colchões. Ainda segundo a polícia, a situação foi percebida pelo carcereiro da unidade, que imediatamente acionou reforço. Agentes das polícias Civil e Militar estiveram no local e conseguiram apagar as chamas. 

Segundo informações da polícia, 10 presos estavam na carceragem no momento do ocorrido, mas ninguém se feriu. Entretanto, dois detentos identificados como Cristiano do Carmo Nascimento e Francielio Souza de Oliveira passaram mal passaram mal ao inalar fumaça e foram socorridos para o hospital da cidade, onde foram medicados e liberados após permanecerem um tempo em observação.

Segundo a polícia, o movimento começou após os agentes terem encontrado durante uma vistoria realizada nas celas na manhã deste sábado um celular, armas artesanais conhecidas como ‘chuncos’, lâminas de barbear e frascos de vidros, além de pequenos buracos feitos para esconder o material.
Segundo a polícia, motim teve início após agente encontrarem celular e armas artesanais nas celas durante vistoria | Foto: Notícias de Santaluz
Segundo a polícia, motim teve início após agente encontrarem celular e armas artesanais nas celas durante vistoria | Foto: Notícias de Santaluz
Depois que os presos foram retirados das celas, uma equipe do Departamento de Polícia Técnica realizou uma perícia no local, que foi temporariamente interditada. O presos foram levados para delegacias das cidade de Retirolândia, Serrinha e São Domingos. 

De acordo com a Polícia Civil, os detentos Geovane Ferreira da Silva e Eudes de Oliveira Silva, foram encaminhados à delegacia de Riachão do Jacuípe e autuados em flagrante pela autoria do princípio de motim e pelo crime de dano ao patrimônio público.

O caso foi acompanhado pelo delegado Mozart Cavalcanti, chefe da 15ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (15ª Corpin/Serrinha), que é responsável por Valente e outros 18 municípios da região. Guarnições da Polícia Militar de Valente, São Domingos e Santaluz deram participaram da ação.
Notícias de Santaluz

Nenhum comentário: