BRASILGÁS

BRASILGÁS

BERG ARAGOM NOVO

Lucas Chicabana

Lucas Chicabana
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

domingo, 25 de março de 2018

A lutadora serrinhense Virna Jandiroba conquista título mundial inédito para Bahia

A lutadora serrinhense Virna Jandiroba conquistou na noite deste sábado (24) o inédito titulo de campeã da 28ª edição do maior evento de MMA feminino do mundo, o Invicta Fighting Championships. O combate aconteceu em Salt Lake City, EUA.

Virna encarou a japonesa Mizuke Inoue, em luta que valeu o título peso-palha da organização. Para chegar até o sonhado cinturão do Invicta FC, a serrinhense Virna Jandiroba, primeiro teve que passar pela norte-americana Amy Montengro, onde venceu o confronto por finalização, luta que aconteceu em dezembro do ano passado. Com isso Virna foi credenciada para disputar o cinturão da categoria peso-palha.

A luta

Virna começou o primeiro round utilizando a principal arma, o apurado jiu-jitsu. Com uma entrada precisa Virna conseguiu aplicar uma queda espetacular na japonesa Mizuke Inoue, que foi ao solo e levou um tremendo aperto da brasileira.

No segundo round, já conhecendo a estratégia da baiana, a atleta Mizuke Inoue, deu um pouco mais de trabalho, porém com muita habilidade Virna conseguiu mais uma vez levar a luta para o chão e começou a castigar sua adversaria com golpes duros nos rosto.

O terceiro round, foi praticamente a reprise do primeiro e segundo, Virna por cima dominando as ações no chão, e a japonesa lutando para não ser finalizada, o que por pouco não aconteceu ainda no final do terceiro roud, porém o som do gongo salvou a japonesa Mizuke Inoue.

Com três rounds de vantagem a lutadora brasileira voltou para o quarto round, com a proposta de manter a distancia de sua oponente aguardando o momento certo para fazer seu jogo. Contudo, devido o desgaste dos três primeiros rounds, Virna sentiu um pouco, e a japonesa Mizuke Inoue conseguiu aplicar alguns golpes duros, porém não foram suficientes para desestabilizar a lutadora baiana.

O quinto round, já foi mais equilibrado sabendo que sua melhor estratégia para vencer o combate seria a trocação, a japonesa Mizuke Inoue, buscou não deixar a luta ir para chão. Situação um pouco complicada quando se enfrenta uma lutadora com uma base forte no jiu-jitsu. Sabendo da principal arma Virna mais uma vez conseguiu aplicar uma queda na adversaria e controlou a luta até final do quinto e último round.

Porém, o que chamou a atenção foi o resultado final do combate. Os juízes deram a vitória para a brasileira por decisão dividida, o que deixou todos surpresos devido o controle total dos três primeiros rounds por parte de Virna. Mesmo sendo um pouco mais equilibrados os dois últimos. Mas ainda sim, com vantagem para a lutadora baiana, que esteve mais perto da finalização.

Com a vitória de Virna Jandiroba diante da japonesa Mizuke Inoue, a lutadora baiana chega a uma marca de 13 vitórias, na carreira. Com o título do peso-palha do Invicta Fighting Championships, Virna agora aguarda por uma chance no UFC. “Não tenho mais o que provar fiz duas lutas duríssima no Invicta FC, consegui o cinturão o que falta agora para eu está representando meu país no UFC? Virna é uma realidade para o mundo venho trabalhando forte com toda minha equipe para isso, quero meu espaço. Quero agradecer a todos que torceram por mim, em especial a galera da Bahia, o cinturão é nosso”, finalizou.

Do Portal Ailton Pimentel/Fonte: Folha do Estado.

Nenhum comentário: