BRASILGÁS

BRASILGÁS

BERG ARAGOM NOVO

Lucas Chicabana

Lucas Chicabana
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

‘Se não conseguir voto em fevereiro, não vota mais’, afirma Rodrigo Maia sobre reforma da Previdência

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, durante entrevista exclusiva para O GLOBO 08/01/2018 - Agência O Globo
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, durante entrevista exclusiva para O GLOBO 08/01/2018 – Agência O Globo
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirmou na tarde desta terça-feira em Washington, onde cumpre agenda oficial, que “não pode mentir” sobre as dificuldades em aprovar a reforma da Previdência. 

Após dar uma palestra para a Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos onde surpreendeu o público com um tom pessimista, Maia afirmou que para aprovar é preciso um grande trabalho para recompor a base. “Não fiz discurso pessimista. Eu não posso, é o que eu digo sempre, eu não posso ir para nenhum ambiente no Brasil ou no exterior e mentir. Já tem muito político mentiroso no Brasil, né? Acho que chega. Está na hora de a gente falar a verdade, e a reforma da previdência não é uma votação simples”, disse ele. 

De acordo com O Globo, Maia afirmou que é preciso o governo voltar a ter uma base de 320 deputados para ter os 308 necessários para levar o projeto a plenário e que, se não for votado em fevereiro, não será analisado neste ano. Maia ainda disse que a população mais pobre precisa entender que está subsidiando as maiores aposentadorias. “Quando o brasileiro que ganha um salário mínimo entender que ele financia a aposentadoria de quem ganha 30 mil, aí sim poderemos ter uma revolta grave no Brasil”, disse.

Do Portal NS

Nenhum comentário: