BRASILGÁS

BRASILGÁS

Aragom Modas

Lucas Chicabana

Lucas Chicabana
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Presidente nacional do PT duvida de prisão de Lula após julgamento: ‘Vai ter que matar gente’

Foto: Ricardo Stuckert
Foto: Ricardo Stuckert
A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), duvida da possibilidade de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ser preso, após julgamento do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), no próximo dia 24. 

Em entrevista ao site Poder360, Gleisi sugeriu que pessoas deveriam morrer para isso. “Para prender o Lula, vai ter que prender muita gente, mas, mais do que isso, vai ter que matar gente. Aí, vai ter que matar”, afirmou. 

A petista avalia que se a sentença do juiz Sergio Moro, que condenou Lula, for confirmada pelo tribunal, significará que “eles”, os juízes, “desceram para o ‘play’ da política”. “No ‘play’ da política, nós vamos jogar (…) E vamos jogar pesado”, acrescentou, reforçando que uma possível decisão condenando Lula não o tirará da disputa pela Presidência da República. 

Isso ficará sob responsabilidade da Justiça Eleitoral. “Essa condenação não tem nada a ver com a candidatura. A candidatura do Lula vai ser decidida na Justiça Eleitoral. Porque a candidatura só se resolve na Justiça Eleitoral. É em outra esfera. Não tem nada que nos impeça de registrar Lula como candidato no dia 15 de agosto”, explicou. Gleisi disse ainda que espera apenas a absolvição de Lula, para resgatar a seriedade da Justiça brasileira. 

Do Portal NS

Nenhum comentário: