BRASILGÁS

BRASILGÁS

Aragom Modas

Lucas Chicabana

Lucas Chicabana
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Chamado de ‘inimigo número 1 do funcionalismo’, Rui dá o troco a Lídice 4 anos depois

O governador Rui Costa já deu a senha, embora um dia após tivesse tentado desfazer o que chamou de mal-entendido. Fato é que a chapa da eleição de outubro será uma reedição da mesma que o elegeu em 2014, com PT, PP e PSD.

Logo, a possibilidade de a senadora Lídice da Mata (PSB) tentar renovar seu mandato é remota, próxima de zero. Ao menos dentro da chapa encabeçada por Rui Costa.

A questão não é apenas aritmética. Tanto PP e PSD têm deputados e prefeitos mais do que o PSB. O veto a Lídice passaria também por uma memória recente dos fatos.

Em 2014, quando Rui disputou o governo do Estado, com uma candidatura pavimentada centímetro a centímetro pelo então governador Jaques Wagner, Lídice, empolgada com a possibilidade do crescimento da candidatura de Eduardo Campos à presidência da República, resolveu se desgarrar do grupo ao qual sempre fez parte, para lançar-se em voo solo ao Palácio de Ondina.

Até aí nada mal. Quem entra na política sonha com os cargos mais altos.

O problema, segundo interlocutores do governo, é que Lídice pesou a mão quando da campanha de 2014. Fez uma oposição ao grupo ao qual é ligada umbilicalmente de forma mais ferrenha do que o próprio candidato da oposição, o ex-governador Paulo Souto (DEM).

No primeiro debate, realizado pela TV Band, Lídice chamou Rui Costa de “inimigo número 1 do funcionalismo público”. A socialista Lídice disse que como Secretario de Relações Institucionais e Secretario da Casa Civil, Rui Costa fracassou nas negociações com os servidores, levando a duas greves que “prejudicaram a Bahia”.

“Ela ia direto no fígado de Rui”, relembrou uma fonte. “Quando acabavam os debates, Rui virava para um grupo e perguntava: o que está acontecendo com ela?”.

Há quem diga que Rui Costa nunca perdoou Lídice, que agora, se quiser ter o mandato renovado, terá que alçar voo solo, sem a força de nenhum grupo. Nem da oposição, liderada por ACM Neto, nem tampouco governista, comandada por Rui Costa.  

Do Portal Interior da Bahia, com informações do Bocão News

Nenhum comentário: