BERG ARAGOM NOVO

BRASILGÁS

BRASILGÁS

Entec Informática

Entec Informática

Robério Transportes

Robério Transportes
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Após 18 dias internado no HGE, músico Sidnei Santos recebeu alta e já está em casa

Sidnei Santos com a esposa Cassiana (esquerda) a filha Cassiele (direita)
e um pequeno amigo
Em casa após 18 dias internado no HGE, Sidnei Santos recebeu nesta quarta-feira (06), o repórter Victor Santos. O músico falou sobre o acidente, os dias de internação, fez agradecimentos e se emocionou. 
Ainda se recuperando do acidente de moto que sofreu no dia 18 de novembro, Sidnei Santos Oliveira, 41 anos, em um depoimento emocionante contou detalhes do acidente(relembre aqui). Falou sobre o processo de recuperação, a luta diária no hospital, o importante apoio que recebeu de familiares, amigos, colegas de trabalho, e chorou ao lembrar do carinho que recebeu das crianças da creche onde ele trabalha. Sidnei está em sua residência e recebe sorrindo as muitas visitas, sempre lembrando que continuará tocando e cantando, coisas que ama fazer.

Sobre o acidente, recordou: "Eu avistei um jegue no acostamento, fui para o meio da pista para evitar, mas a coisa foi tão rápida que Rapim (Mailson Carvalho) que estava de carro em minha frente, fez sinal e mesmo assim não consegui evitar. Eu vinha com o farol baixo, ele desviou e não teve jeito, vi o jegue na frente e tentei tirar, bati e 'voei' por cima, cai na frente o jegue ficou atrás caído e a moto no meio. Rapim voltou e me deu socorro".
Durante todo tempo que envolveu o socorro, Sidnei estava consciente. Encaminhado para o Hospital Municipal de Barrocas, por conta da fratura exposta no dedo da mão direita, necessitou ser transferido para o Hospital Geral Estadual (HGE). Na capital, a avaliação médica indicou que ele iria para o centro cirúrgico, por conta da fratura e também devido a lesão no joelho: "Quando recebi a informação, eu falei ao médico: quero tocar minha bateria e jogar minha bola, quero sair daqui curado", lembrou que no momento estava preocupado se iria poder continuar com as atividades que ama.

A 'luta' diária no hospital, levou Sid a se aproximar de pessoas na mesma situação, ou mais grave que a dele. Hoje, diz que foi uma lição de que a humildade e honestidade devem ser praticadas em qualquer lugar. Como fez em postagens numa rede social, o músico voltou a elogiar os profissionais que trabalham no Hospital Geral do Estado: "O jeito da equipe médica tratar as pessoas me chamou a atenção, sem distinção, todo mundo era bem atendido.  São os melhores médicos e especialistas da Bahia. Eu fui bem atendido e bem cuidado por toda equipe, quando fui pra cirurgia vi parte dos equipamentos novos e o tempo todo fui bem acompanhado", relatou. 
Desde que chegou na segunda-feira, Sidnei recebe média de 10 visitas diárias
Lembrar do apoio dos familiares e amigos, emociona o músico Sid Batera, como é carinhosamente chamado na região. Com lagrimas nos olhos ele afirmou: "Foi importante ter pessoas que me visitavam, ligavam, mandavam mensagem nas redes sociais. Mesmo sem poder responder a todos, aqui deixo meus agradecimentos a cada um, principalmente minha esposa Cassiane, que ficou comigo, minha filha que todos os dias eu pensava em voltar logo pra casa ver ela. Os pequenos amigos da creche também foram muito importante para mim". lembrou.
Sidnei afirma que capacete o livrou de uma tragédia maior
Mais tranquilo, porém consciente da gravidade do acidente, assim como já fez em postagem recente, Sidnei voltou a pedir providência das autoridades quanto ao caso de animais soltos nas estradas: "Espero que tomem providência, e que ninguém mais passe pelo que passei".

O músico segue em repouso e ainda não tem uma previsão de quando voltará aos palcos, para com sua voz e desenvoltura na bateria, levar alegria às pessoas.

@ Nossa Voz - Por Victor Santos / Colaborou Rubenilson Nogueira

Nenhum comentário: