BERG ARAGOM NOVO

BRASILGÁS

BRASILGÁS

Entec Informática

Entec Informática

Robério Transportes

Robério Transportes
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Uneb, Uefs, Ifba, Unifacs e Ucsal estão com índices insatisfatórios, aponta ranking do Inep

Um ranking com a avaliação das universidades, faculdades e centro universitários brasileiros a partir dos Índices Gerais de Cursos das Instituições (IGC) foi divulgado nesta terça-feira (28), pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Na lista, seis universidades baianas receberam nota quatro, e foram consideradas excelentes. 

A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) foi a primeira colocada no estado, seguida pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (Ufrb), Instituto Federal do Recôncavo da Bahia (IFBaiano) e Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob), todas avaliadas com nota 4. 

Na contramão, outras cinco instituições da Bahia receberam nota 3, avaliação considerada insatisfatória pelo Ministério da Educação, a Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Universidade Salvador (Unifacs), Universidade Católica do Salvador (Ucsal), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (Ifba) e a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). 

A nota do IGC varia de 1 a 5 e as instituições com notas  4 e 5 são consideradas excelentes e notas abaixo de 3 são insatisfatórias. Instituições que ficam abaixo de 3 não podem se expandir, ou seja, não podem construir novos campi, nem abrir cursos ou aumentar o número de vagas. Cursos autorizados podem sofrer redução de vagas ou ter processos seletivos suspensos, após vistoria de especialistas.

Do Portal Bahia Notícias/por Jade Coelho

Nenhum comentário: