Prêmio Fama

Prêmio Fama

Lucas Chicabana

Lucas Chicabana

BERG ARAGOM NOVO

BRASILGÁS

BRASILGÁS

Banner do Futsal Barbarense

Banner do Futsal Barbarense

Entec Informática

Entec Informática

Robério Transportes

Robério Transportes
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Governadores propõem legalizar jogos de azar para financiar segurança pública

Foto: Reprodução/Pixabay
Foto: Reprodução/Pixabay
Governadores pediram nesta terça-feira (7) aos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), que seja votado projeto legalizando os jogos de azar no país e destinando os recursos dos impostos cobrados para um fundo de segurança pública. 

Segundo o jornal O Globo, a proposta foi discutida durante um encontro de representantes estaduais nesta terça, na residência oficial do governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg. 

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), salientou que um dos focos da proposta é a regulamentação de jogos pela internet. “Hoje, no Brasil inteiro se pratica jogos na internet. Queremos regulamentação, que poderia gerar de R$ 12 a R$ 18 bilhões ao ano, que servirão para dar sustentação a um fundo nacional de segurança pública”, disse Dias. 

Após a reunião, Eunício Oliveira afirmou que deve pautar o projeto que regulamenta jogos de azar ainda neste ano. “Nós (Câmara e Senado) devemos tirar algum tipo de preconceito que tenhamos em relação à criação de um fundo de segurança pública, com a participação também desse fundo para a saúde. Devemos discutir também outra realidade que não adianta esconder da sociedade que são os jogos, que estão inclusive sendo feitos por aplicativos, para que a gente tenha uma remuneração vinculada para que se crie esse fundo verdadeiro, e não apenas no papel”, disse.

Do Portal NS

Nenhum comentário: