Prêmio Fama

Prêmio Fama

Lucas Chicabana

Lucas Chicabana

BERG ARAGOM NOVO

BRASILGÁS

BRASILGÁS

Banner do Futsal Barbarense

Banner do Futsal Barbarense

Entec Informática

Entec Informática

Robério Transportes

Robério Transportes
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

domingo, 12 de novembro de 2017

Bahia fica no empate com o Atlético-MG, mas mantém sonho da Libertadores

Em um jogo onde saiu atrás do placar e conseguiu a virada, o Bahia permitiu o empate do Atlético –MG e ficou no 2 a 2 com o adversário, na Arena Fonte Nova. Edigar Junio marcou os dois gols do Tricolor, enquanto Robinho fez os dois do Galo.
 
Com o resultado, o time baiano perdeu a chance de encostar de vez no G-7, mas manteve o sonho e as chances de conquistar uma vaga na Libertadores. O Esquadrão foi aos 46 pontos ganhos, na nona colocação, a quatro pontos do Flamengo, sétimo colocado com 50.
 
Agora, os comandados de Paulo Cézar Carpegiani terão mais uma chance de vencer em casa, na próxima quinta-feira (16), contra o Santos.
O JOGO
 
O Atlético-MG surpreendeu e abriu o placar logo aos quatro minutos. Valdívia fez belo passe na área para Robinho que tocou na saída de Jean para fazer o primeiro.
 
Aos nove minutos, o Galo quase aumentou. Otero chutou forte de fora da área e Jean fez boa defesa para evitar.
 
Já o Bahia chegou com perigo aos 35 minutos.  Zé Rafael fez belo lançamento para Mendoza, que ficou frente a frente com Victor, mas errou o chute e desperdiçou grande chance.
 
No segundo tempo, logo aos dois minutos, o Tricolor quase empatou. Mendoza trocou passes com Allione e invadiu a área. O colombiano chutou forte, mas acertou a rede pelo lado de fora.
 
Aos seis minutos, o time baiano assustou mais uma vez. Após cobrança de escanteio, Edigar Junio desviou de cabeça e tirou tinta da trave.
 
Mas, aos sete minutos, Bremer atingiu Zé Rafael na área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Edigar Junio deslocou Victor e empatou a partida.
 
E o Tricolor quase virou um minuto depois. Mendoza recebeu passe livre na área, chutou rasteiro e Victor espalmou. No rebote, Juninho completou de primeira e Roger Bernardo se jogou para cortar com o pé.
 
Aos 18, o Esquadrão não desperdiçou. Juninho cobrou falta na área, Edigar Junio desviou de cabeça e marcou seu segundo gol na partida.
 
Porém, dez minutos depois, o time mineiro deixou tudo igual. Luan fez belo lançamento para Robinho, que dominou no peito e, sem deixar a bola cair no gramado acertou um belo chute no ângulo de Jean.
 
Nos minutos finais, as duas equipes tiveram chances de conquistar o triunfo, mas ficaram mesmo no 2 a 2.
 
Bahia 2 x 2 Atlético-MG
Brasileirão Série A – 34ª rodada
 
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), às 17h (de Salvador)
Árbitro: Raphael Claus (FIFA-SP). Assistentes:  Daniel Paulo Ziolli e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo. Assistentes adicionais: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral e Vinicius Furlan
Cartões amarelos: Matheus Mancini, Valdívia, Luan (ATM); Zé Rafael (BAH)
Gols: Robinho-2 (ATM); Edigar Junio-2 (BAH)
 
Bahia
Jean; Eduardo, Tiago, Thiago Martins e Juninho Capixaba; Renê Júnior; Allione (Régis), Juninho, Zé Rafael (Vinicius) e Mendoza; Edigar Junio. Técnico: Paulo Cézar Carpegiani
 
Atlético-MG
Victor; Yago (Marlone), Bremer, Matheus Mancini e Fábio Santos; Roger Bernardo, Elias, Otero (Luan), Valdívia (Gustavo Blanco) e Robinho; Rafael Moura. Técnico: Oswaldo de Oliveira.
 
Do Portal Galáticos Online/Foto: Marcelo Malaquias / EC Bahia

Nenhum comentário: