Prêmio Fama

Prêmio Fama

Lucas Chicabana

Lucas Chicabana

BERG ARAGOM NOVO

BRASILGÁS

BRASILGÁS

Banner do Futsal Barbarense

Banner do Futsal Barbarense

Entec Informática

Entec Informática

Robério Transportes

Robério Transportes
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

domingo, 5 de novembro de 2017

Aos 73 anos, idoso faz Enem para tentar curso de direito na Bahia: ‘Minha mente é jovem’

Aposentado de 73 anos chegou cedo para primeiro dia de provas do Enem, em Salvador (Foto: Alan Oliveira/G1
Aposentado de 73 anos chegou cedo para primeiro dia de provas do Enem, em Salvador | Foto: Alan Oliveira/G1
Seu José Raymundo Silva, de 73 anos, acordou cedo neste domingo (5) para não se atrasar para a primeira fase Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em Salvador. Aposentado há cerca de 24 anos, o idoso pretende tentar uma vaga no curso de direito, e a idade não representa qualquer impedimento para ele. 

“Direito é minha meta. É um sonho. Desde que me aposentei e fiquei com tempo livre que criei o desejo de colocar isso em prática. Minha mente é jovem e eu não tenho medo de trabalho. Ainda quero atuar na área”, contou. 

Ele está entre os mais de 490 mil inscritos para fazer a prova na Bahia. Para chegar até o local de prova, no bairro da Federação, no centro da capital baiana, seu José da Silva, que mora no bairro do Bonfim, na cidade baixa, pegou um ônibus que o deixou próximo à Universidade Católica do Salvador (Ucsal) e, em seguida, pegou um táxi para completar a viagem. O trajeto já havia sido feito por ele durante a semana, para evitar imprevistos. “Já tinha vindo para me localizar. Não queria ficar correndo de lá pra cá. Melhor evitar atrasos”, explicou. 

Pai de cinco filhos, seu José era despachante. O aposentado nunca cursou o ensino superior. Atualmente, ele trabalha com a esposa, entregando quentinhas que ela mesma faz. Para ter uma boa pontuação no Enem, o aposentado estudou por um ano em um curso preparatório. Esta é a terceira vez que ele realiza o exame e quer se dar bem. “Tenho fé em Deus e no que eu estudei”, contou.

Do Portal NS, com informações do G1 BA

Nenhum comentário: