Prêmio Fama

Prêmio Fama

Lucas Chicabana

Lucas Chicabana

BERG ARAGOM NOVO

BRASILGÁS

BRASILGÁS

Banner do Futsal Barbarense

Banner do Futsal Barbarense

Entec Informática

Entec Informática

Robério Transportes

Robério Transportes
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Policia Civil identifica vitimas do duplo homicídio em Salgadália

A Polícia Civil de Conceição do Coité identificou o homem e o adolescente mortos a tiros na noite de terça-feira, 24, na Rua da Creche, no Distrito de Salgadália – Município de Conceição do Coité. Trata-se de Roberto de Morais, 26 anos, e Jodinei Santos Souza Pereira, 15, naturais de Araci. Ambos foram executados por volta das 21h30 depois de terem a casa invadida por homens encapuzados e fortemente armados.
Na manhã desta quarta-feira, 25, compareceu a Delegacia a mãe de Roberto e a mãe de Jodinei, que não tiveram as identidades divulgadas. A mãe do adolescente estava em casa no momento que os criminosos invadiram e segundo a delegada titular de Conceição do Coité, Ludmilla Araújo, ela contou que primeiro ouviu o barulho de um carro e em seguida o chute na porta e já dentro de casa ordenaram que ela saísse, pois, não tinha nada contra ela e ao deixar a residencia ouviu diversos disparos e que o filho dela e enteado de Roberto foi atingido enquanto dormia.
Ainda de acordo com a delegada, tomando como base no depoimento da mulher, ela disse que os criminosos estavam encapuzados, usando luvas, óculos escuro e blusão, não sendo possível reconhecer ninguém, pois, não viu nem mesmo a cor da pele.
A mulher disse que são naturais de Araci, município vizinho a Salgadália, distante cerca de 25 km e que estava morando em Salgadália há dois meses. A companheira de Morais disse a delegada que o mesmo já tinha sido preso por trafico de drogas no período de pouco mais de um ano e que estava em liberdade condicional há nove meses.
Doutora Ludmilla disse que informações dão conta que Morais continuava traficando drogas, mas a companheira nega essa versão e que vinha sobrevivendo da venda de churrasquinho e bebida na porta de casa.
Os corpos se encontram no Departamento de Policia Técnica – DPT, sendo que um está em Feira de Santana e outro em Serrinha.
Redação CN/Foto: Raimundo Mascarenhas

Nenhum comentário: