BERG ARAGOM NOVO

BRASILGÁS

BRASILGÁS

Entec Informática

Entec Informática

Robério Transportes

Robério Transportes
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Policia Civil identifica vitimas do duplo homicídio em Salgadália

A Polícia Civil de Conceição do Coité identificou o homem e o adolescente mortos a tiros na noite de terça-feira, 24, na Rua da Creche, no Distrito de Salgadália – Município de Conceição do Coité. Trata-se de Roberto de Morais, 26 anos, e Jodinei Santos Souza Pereira, 15, naturais de Araci. Ambos foram executados por volta das 21h30 depois de terem a casa invadida por homens encapuzados e fortemente armados.
Na manhã desta quarta-feira, 25, compareceu a Delegacia a mãe de Roberto e a mãe de Jodinei, que não tiveram as identidades divulgadas. A mãe do adolescente estava em casa no momento que os criminosos invadiram e segundo a delegada titular de Conceição do Coité, Ludmilla Araújo, ela contou que primeiro ouviu o barulho de um carro e em seguida o chute na porta e já dentro de casa ordenaram que ela saísse, pois, não tinha nada contra ela e ao deixar a residencia ouviu diversos disparos e que o filho dela e enteado de Roberto foi atingido enquanto dormia.
Ainda de acordo com a delegada, tomando como base no depoimento da mulher, ela disse que os criminosos estavam encapuzados, usando luvas, óculos escuro e blusão, não sendo possível reconhecer ninguém, pois, não viu nem mesmo a cor da pele.
A mulher disse que são naturais de Araci, município vizinho a Salgadália, distante cerca de 25 km e que estava morando em Salgadália há dois meses. A companheira de Morais disse a delegada que o mesmo já tinha sido preso por trafico de drogas no período de pouco mais de um ano e que estava em liberdade condicional há nove meses.
Doutora Ludmilla disse que informações dão conta que Morais continuava traficando drogas, mas a companheira nega essa versão e que vinha sobrevivendo da venda de churrasquinho e bebida na porta de casa.
Os corpos se encontram no Departamento de Policia Técnica – DPT, sendo que um está em Feira de Santana e outro em Serrinha.
Redação CN/Foto: Raimundo Mascarenhas

Nenhum comentário: