BERG ARAGOM NOVO

BRASILGÁS

BRASILGÁS

Entec Informática

Entec Informática

Robério Transportes

Robério Transportes
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Novo vexame: Vitória perde para o Sport-PE no Barradão

A SINA continua para o Esporte Clube Vitória que voltou a decepcionar o seu torcedor, principalmente os amigos e fiéis rubro-negros VovoMundico, Imperador, Marcos Guimarães e Eliel Martins, quando atuando no estádio Manoel Barradas Carneiro, que há muito tempo deixou de ser um alçapão e passa à se tornar uma casa de reabilitação, tropeçou outra vez, aumentando a sequência negativa dentro de casa, chegando a 9 derrotas em 14 jogos como mandante na Série A e quarto jogo consecutivo sem vencer no Barradão. A pergunta que não quer calar: O que acontece com o Vitória que não consegue jogar bola em casa?

Nesta quinta-feira, mesmo motivado pelo triunfo sobre o Botafogo na rodada passada, o Vitória acabou derrotado pelo Sport-PE que não vencia há 9 jogos, exatamente desde o dia 30 de julho quando superou o Bahia na Fonte Nova (3x1) e novamente em terras baianas lava a alma e leva a melhor carregando na bagagem para Pernambuco os 3 pontos, agora ao vencer o Rubro-Negro Baiano pelo placar de 2 x 1, com gols anotados por Diego Souza e Lenis para os pernambucanos e Tréllez para os baianos.

O resultado obviamente foi péssimo para o Vitória que perde uma grande chance de abrir uma margem confortável do Z-4, além do mais, permite a recuperação de um concorrente direto na luta contra o rebaixamento. Agora o Leão da Barra é o 13º colocado com os mesmos 32 pontos, mas ainda pode cair um degrau em caso de triunfo ou empate do rival Bahia que enfrenta o Palmeiras na finalização da rodada.

JOGO:
O Vitória definitivamente não jogou bola no 1º tempo, a apatia e a frouxidão novamente tomaram conta do time que nada apresentou de bom. Faltou ideias quando teve a posse da bola. Sem criatividade, apelou na maioria das vezes para a ligação direta buscando os atacantes. Já o Sport parecia estar jogando na Ilha do Retiro, foi mais viril e agressivo, criou as melhores chances, na sua maioria impedido pelo goleiro Caíque, que caminhava para virar herói, no entanto, por merecimento, aos 45 minutos Ramon derrubou André na entrada da área. Na hora comente: É quase um pênalti para Diego Souza. Dito e feito. O meia cobrou com perfeição e mandou no ângulo, sem chances. 1x0.

No segundo tempo, Mancini colocou em campo Patric e André Lima de uma só vez, mas nada adiantou. O Vitória seguiu pragmático, sem apresentar aquele vigor que é notório quando atua fora de Salvador, e como castigo tomou o segundo com Lenis, recebendo passe de Diego Souza e livre, leve e solto completando para o gol vazio. Na base do desespero, já que não existiu organização tática, os baianos foram para o tudo ou nada, e ainda conseguiram o gol de honra marcado por Tréllez aos 39 minutos, esboçando uma reação que esfriou com a expulsão de André Lima aos 43, ficando nisso mesmo. 2x1 para o Leão da Ilha sobre o Leão da Barra.

Do Portal Futebol Bahiano

Nenhum comentário: