BERG ARAGOM NOVO

BRASILGÁS

BRASILGÁS

Entec Informática

Entec Informática

Robério Transportes

Robério Transportes
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

CBF lança manual que exige CTs dos clubes, mudanças em estádios e Futebol Feminino

Nesta sexta-feira (15) todos os 20 clubes integrantes do Campeonato Brasileiro da Série A receberam o “Manual de Licenciamento” da CBF. Esse manual se trata de uma lista de critérios que precisarão ser cumpridos por todos os clubes para assegurar as suas participações em competições organizadas pela CBF, a partir de 2018. Inicialmente, as exigências são mínimas, mas elas vão aumentar bastante com o passar dos anos.
Uma das principais mudanças é que a partir de 2019, não será mais permitido a utilização de campos de jogo para treinamentos. Com isso, todas as agremiações serão obrigadas a usar um CT, seja ele próprio ou alugado, caso não possua um.
Ainda sobre os estádios, também a partir de 2019, todos serão obrigados a ter bancos de reserva na lateral do campo, vestiários de mandante e visitante do mesmo tamanho, além de circuitos de TV que cubram tanto as arquibancadas quanto os acessos, juntamente com muitas outras exigências.
Nesse caso o Vasco deve ser o mais atingido, já que os bancos de reservas do estádio de São Januário ficam no fundo de um dos gols.
Futebol Feminino
Todos os clubes que quiserem participar das competições da CBF, a partir de 2019, serão obrigados a ter Futebol Feminino. A formação desses times poderá ser feita de forma própria pelo clube, ou através de parcerias com quem mantenha "equipe feminina principal devidamente estruturada e disputando competições oficiais em 2018 ou a partir de 2019".
Para 2018 as exigências são mais brandas
Essa primeira versão do Manual tem um caráter de orientação para os clubes, e a partir daí, será atualizado anualmente, sempre acrescentando exigências. Aqueles que não as cumprirem, estarão sujeitos a punições que vão desde advertências até a negação de licenças.
Para o próximo ano os clubes vão ter que enviar à CBF informações detalhadas sobre as suas categorias de base, como organograma, currículos dos profissionais, estrutura disponível, orçamento destinado para a área e mapa das competições disputadas por cada categoria. As exigências também são válidas para os departamentos médicos dos clubes.
Outra exigência é que os clubes serão obrigados a enviar periodicamente os seus orçamentos, com o objetivo da CBF de poder monitorar suas gestões financeiras. Nesse caso, a entidade máxima do futebol nacional afirma que as informações "sempre receberão tratamento confidencial por parte do licenciamento".
Do Portal Galáticos Online/Foto: Divulgação

Nenhum comentário: