Prêmio Fama

Prêmio Fama

Lucas Chicabana

Lucas Chicabana

BERG ARAGOM NOVO

BRASILGÁS

BRASILGÁS

Banner do Futsal Barbarense

Banner do Futsal Barbarense

Entec Informática

Entec Informática

Robério Transportes

Robério Transportes
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Procuradoria desarquiva investigação contra Lula por pagamento de US$ 7 mi no mensalão

A Câmara de Combate à Corrupção da Procuradoria-Geral da República (PGR) desarquivou uma investigação contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do mensalão. O petista voltou a ser investigado por causa de suposto pagamento de US$ 7 milhões da Portugal Telecom para o PT quitar dívidas de campanhas eleitorais.
A acusação foi feita pelo operador do mensalão, Marcos Valério, e levou à abertura de um inquérito pela Polícia Federal em 2013. Dois anos depois a PF concluiu que não havia indícios das transações e a Procuradoria da República no Distrito Federal (PRDF) pediu o arquivamento das investigações em setembro de 2015.
A Justiça Federal descorou do arquivamento e o caso precisou ser decidido pela Câmara de Combate à Corrupção. De acordo com O Globo, em reunião de 29 de junho deste ano, o colegiado decidiu que os autos deveriam retornar à PRDF para continuidade das investigações, que já foram retomadas desde o último dia 4.
Segundo depoimento de Valério, Lula e o ex-ministro Antonio Palocci (Fazenda) teriam negociado pessoalmente o repasse do dinheiro em um acerto no Palácio do Planalto. Contas no exterior teriam sido indicadas a Miguel Horta, executivo da Portugal Telecom, para que ele providenciasse os depósitos. Na ocasião, mais de 20 pessoas foram ouvidas pela PF, entre elas Palocci, Horta e o ex-ministro José Dirceu.
Em resposta, o Instituto Lula afirma que o caso da Portugal Telecom foi investigado ao longo de anos pelos Ministérios Públicos do Brasil e de Portugal e foi arquivado nos dois países por falta de provas. “Não há fatos novos que justifiquem a reabertura do caso”, disse a assessoria do instituto.
Do Portal CN/Fonte:Bahia Notícias

Nenhum comentário: