Berg da Aragom

BRASILGÁS

BRASILGÁS

Entec Informática

Entec Informática

Robério Transportes

Robério Transportes
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

‘O novo poderia ser Hitler’, diz Dilma ao defender volta de Lula

Foto: Lula Marques / AGPT
Foto: Lula Marques / AGPT
Pouco mais de um ano após seu impeachment, a ex-presidente Dilma Rousseff falou à Rede BBC sobre a crise política brasileira. Em entrevista ao veículo de comunicação britânico, ela considera que o seu afastamento foi um golpe contra a democracia, e afirma que as armações tiveram início antes da sua saída do poder. 

“O golpe começou antes do meu afastamento, começou quando meus adversários viram que não conseguiriam impor seu projeto por vias democráticas. E está ficando cada vez mais claro que a democracia não é um caminho viável para eles”, disse. 

Sobre a condenação de Lula, ela diz ser mais um capítulo do golpe. “O primeiro capítulo do golpe foi meu impeachment. Mas há um segundo capítulo, e este quer impedir o ex-presidente Lula de se tornar candidato nas eleições do próximo ano”. 

Diante dessa possibilidade, Dilma não consegue desenhar um cenário alternativo. “Como sabemos que o Brasil precisa de um novo líder e de uma mudança? E desde quando o novo é necessariamente uma coisa boa?”, questiona ela. “O novo poderia ser Hitler. Não há garantia. Por que as pessoas reconhecem Lula? Porque as pessoas viveram melhor durante seu governo”, destacou.

Do Portal NS

Nenhum comentário: