Prêmio Fama

Prêmio Fama

Lucas Chicabana

Lucas Chicabana

BERG ARAGOM NOVO

BRASILGÁS

BRASILGÁS

Banner do Futsal Barbarense

Banner do Futsal Barbarense

Entec Informática

Entec Informática

Robério Transportes

Robério Transportes
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

“Nosso plano A, B, C, D e E é Lula”, diz líder do PT na Câmara

Lula: Zarattini defendeu que Lula é "absolutamente inocente" no processo | Foto: Nacho Doce/Reuters
Zarattini defendeu que Lula é “absolutamente inocente” no processo | Foto: Nacho Doce/Reuters
O líder do PT na Câmara, Carlos Zarattini (SP), disse nesta quinta-feira (3) que o partido só trabalha com o cenário que tem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como candidato ao Palácio do Planalto em 2018, embora — diante da possibilidade de ele ser barrado por razões jurídicas — não descarte totalmente a hipótese de apoiar um nome de outra legenda. 

“A gente não fecha a porta para outro candidato. Agora o nosso plano A, B, C, D e E é Lula candidato”, disse o deputado em entrevista à Reuters. “Não estamos trabalhando com a hipótese de ser outro candidato, é o nome mais forte, mais viável eleitoralmente, politicamente é um camarada que é a maior liderança do país. Para a gente abrir mão do Lula e ficar discutindo plano B, não tem nenhum sentido”, acrescentou. 

No dia 12 de julho, o juiz federal Sérgio Moro condenou o ex-presidente –líder nas principais pesquisas de intenção de voto para 2018– por lavagem de dinheiro e corrupção passiva no processo que envolve a compra de um tríplex no Guarujá (SP). 

Pela Lei da Ficha Limpa, Lula ficaria impedido de concorrer a cargo eletivo no próximo ano se o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) confirmar a sentença dele até a eleição. Outra restrição é que, no caso de confirmação da sentença, o TRF-4 pode determinar a prisão de Lula.

Do Portal NS

Nenhum comentário: