Berg da Aragom

Entec Informática

Entec Informática

Robério Transportes

Robério Transportes
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Renda do brasileiro dobra com diploma universitário, aponta estudo

Um estudo realizado pelo Valor Econômico apontou que a renda do brasileiro dobra com diploma universitário.
A pesquisa “Valor Análise Setorial – Ensino Superior” afirma que a renda dobra durante os primeiros anos da faculdade ou logo após a conclusão do curso. Para se ter um exemplo, na faixa etária dos 30 aos 39 anos, o rendimento mensal de quem possui apenas o Ensino Médio é de R$ 1,8 mil. A mesma vai para R$ 4,7 mil no caso daqueles que possuem graduação.
A diferença permanece até a aposentadoria: entre 50 e 64 anos, o rendimento das pessoas graduadas chega a R$ 7 mil contra R$ 2,4 mil de quem não concluiu os estudos. Vale lembrar que, segundo o Ministério da Educação (MEC), somente 34,6% da população entre 18 e 24 anos tem ensino superior.
ENSINO SUPERIOR NO BRASIL
De acordo com uma pesquisa encomendada pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior, 62% dos jovens adiariam a faculdade por não ter condições de pagar e 14% por não ter bolsa ou financiamento estudantil. Sete em cada dez estudantes gostariam de entrar no ensino superior logo após o fim do Ensino Médio.
Foram ouvidos também jovens que já concluíram o Ensino Médio. De acordo com os dados coletados, 62% desejava entrar em uma faculdade, mas 52% já desistiu do ensino superior. 70% deles apontaram não ter condições para pagar as mensalidades como um dos motivos, 23% por não ter entrado em uma universidade pública e 21% por ter começado a trabalhar.
A FARESI – Faculdade da Região Sisaleira se coloca a disposição no sentido de possibilitar melhoria na qualidade de vida e diminuir a desigualdade social, entre jovens e famílias da Região Sisaleira.
Do Portal CN

Nenhum comentário: