BERG ARAGOM NOVO

BRASILGÁS

BRASILGÁS

Entec Informática

Entec Informática

Robério Transportes

Robério Transportes
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

sábado, 8 de julho de 2017

Joesley diz que decidiu usar gravador após ser alertado por Geddel sobre sala ‘antigrampo’ de Temer

Divulgação
Divulgação
Em depoimento à Polícia Federal, o empresário Joesley Batista afirmou que foi avisado pelo ex-ministro Geddel Vieira Lima de que o presidente Michel Temer utilizava uma sala “antigrampo” para tratar de assuntos “mais sensíveis”. 

No depoimento, de 16 de junho deste ano, Joesley detalhou aos policiais a escolha do aparelho utilizado para gravar o encontro com Temer, que ocorreu em 7 de março, em uma sala no subsolo do Palácio do Jaburu “situada depois da área de serviço e ao lado da garagem”. 

Segundo a Procuradoria Geral da República, a conversa mostra que Temer deu “anuência” para que o empresário pagasse propina ao deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para mantê-lo em silêncio e não o delatasse. 

À Polícia Federal, Joesley disse que optou por usar um gravador “emborrachado” por acreditar que o aparelho funcionaria em um ambiente com bloqueador de sinal eletromagnético e que “passaria desapercebido” por detectores de metal. 

Segundo o empresário, que relatou ter tido pelo menos outros cinco encontros com o presidente, foi a primeira vez que os dois conversaram nesta sala. Nas outras ocasiões, disse, as conversas que tiveram foram na sala de estar do Jaburu. 

Procurado, o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência informou que não irá se manifestar sobre o assunto. A defesa de Geddel Vieira Lima afirmou que o ex-ministro “não alertou a quem quer que fosse a existência de pretensa sala”.

Do portal NS, com informações da TV Globo e G1

Nenhum comentário: