BERG ARAGOM NOVO

BRASILGÁS

BRASILGÁS

Entec Informática

Entec Informática

Robério Transportes

Robério Transportes
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Bahia mata o Galo no Horto e sobe na tabela da Série A

A frase "Caiu no Horto, tá morto" ficou no campo da imaginação do torcedor atleticano, ao menos pelo lado do Atlético-MG, afinal, quem matou nesta quarta-feira foi o Esporte Clube Bahia que foi até Belo Horizonte e arrancou um triunfo preciso e fundamental por 2x0 para cima do Galo jogando para longe a fama de time doméstico e vencendo pela segunda vez como visitante no Campeonato Brasileiro.

Este resultado foi espetacular e inesperado pela força e favoritismo do Atlético-MG que tentou de todas as formas, mas foi abafado pelo Esquadrão de Aço que foi cirúrgico e objetivo. Destaque para volante Juninho, autor dos dois gols, e o goleiro Jean, com quatro defesas difíceis parando o badalado ataque atleticano, contribuindo de forma decisiva para o triunfo tricolor. O resultado coloca o tricolor na 12ª posição com 19 pontos, se afastando e abrindo 4 pontos do Z-4.

Primeiro tempo movimentado e interessante no Horto, em certos momentos tomando contornos de nervosismo necessitando da intervenção do juiz, com boas chances para os dois lados, Jeanzinho operando milagre em cabeçada de Fred, Lucas Fonseca providencial salvando em cima da linha, Victor evitando gol de Vinícius (que seria o segundo tricolor), mas o principal momento da etapa inicial aconteceu aos 12 pontos com o volante Juninho cobrando e convertendo pênalti sofrido por Zé Rafael que deu ao Esquadrão a vantagem no placar. Em campo, um Bahia preciso e tranquilo com a bola no pé, trocando passes, girando a bola, mas sem conseguir acertar o último passe, e um Galo mais perigoso e agressivo, porém ineficiente.

No segundo tempo, o Atlético-MG seguiu atacando se aproveitando do recuo arriscado do Bahia desde os minutos iniciais e o "paredão" Jean seguiu salvando o tricolor baiano com excelentes defesas parando o badalado ataque do Galo e frustrando a torcida mandante. Os últimos 45 minutos foram tensos e dramáticos para os tricolores que presenciaram a equipe jogando com os 11 homens no campo de defesa e sofrendo pressão do adversário, isso até os 42 minutos após contra-ataque fatal do time tricolor e finalização precisa de longe novamente com Juninho passando a régua e fechando a conta em 2x0 e três pontos essenciais na luta contra o rebaixamento. Na próxima rodada, o Bahia tem novo desafio longe de Salvador, agora visitando o Santos, domingo, às 11h, na Vila Belmiro.

FICHA TÉCNICA:

Atlético-MG 0x2 Bahia
Campeonato Brasileiro (15ª rodada)
Estádio Independência - Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)

Gols: Juninho (12min 1T e 42min 2T)

Cartões Amarelos: Victor, Bremer, Adílson e Fred (Atlético-MG). Matheus Reis, Matheus Sales, Eduardo, Éder e Jean (Bahia)

Atlético-MG: Victor; Marcos Rocha, Bremer, Gabriel e Fábio Santos; Adílson, Rafael Carioca (Luan) e Elias (Rafael Moura); Marlone (Valdívia), Cazares e Fred. Técnico:Roger Machado.

Bahia: Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Matheus Sales, Juninho e Vinícius (Éder); Zé Rafael (Ferrareis), Mendoza e João Paulo (Régis). Técnico: Jorginho.

Do Portal Futebol Bahiano

Nenhum comentário: