Berg da Aragom

Entec Informática

Entec Informática

Robério Transportes

Robério Transportes
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Baiano de Serrinha representa região no México

Uma das novas promessas do MMA baiano vem da cidade de Serrinha. Adonilton Muniz de Matos Silva mais conhecido como "Dony Terrier", 29 anos, é faixa preta de jiu-jitsu e muay thai. O serrinhense, que luta profissionalmente há cerca de cinco anos, viaja para o México nos próximos dias, para participar de dois eventos, o primeiro desafio será no 1º CDG Mixed Martial Arts Fight.

Em terras mexicanas, o peso-galo (61 Kg) vai enfrentar o adversário Gilberto "El Azteca" Aguilar, lutador com passagem pelo UFC. Em um duelo internacional entre México x Brasil, a primeira luta é no dia 24 de junho, na Cidade de México, capital do país. O segundo combate, acontece um mês depois, no dia 23 de julho, na mesma cidade. Porém, o adversário da segunda luta ainda não foi divulgado. "Tenho tudo para fazer uma campanha boa e trazer bons resultados para a Bahia. Vou lutar na casa dele, mas estou confiante porque tenho me preparado bastante", diz Terrier. Além da Bahia, Dony Terrier já lutou em diversos estados a exemplo do Rio de Janeiro, Goiás, Rio Grande do Norte, Tocantins e Rio Grande do Sul.

Esta será a primeira vez que o lutador baiano se apresentará fora do Brasil. Instrutor de Muay Thai em Serrinha, Terrier lembra que começou no karatê aos 12 anos e conheceu o jiu-jitsu somente aos 17. Ele, que já foi treinado por equipes como Evolução e Team Nogueira (dos irmãos Minotauro e Minotouro), hoje faz parte da Equipe ZMT (Zé Mário Team) com sede em Lauro de Freitas.

DIFICULDADE

Entre os momentos de dificuldade, ele recorda que em 2012 deixou um emprego de agente penitenciário, com carteira assinada, em Serrinha para correr atrás de seu sonho em Vitória da Conquista ao lado de Omar Marrom, seu primeiro mestre. Lá iniciou sua qualificação técnica e ganhou confiança pra lutar fora da Bahia. Das 15 lutas que participou, venceu 11.

Mesmo demonstrando um grande potencial o atleta ainda sofre com a falta de apoio e principalmente de patrocinadores para ajudar nos custos das viagens assim como toda suplementação. “Hoje para chegar ao topo dos grandes nomes do MMA, o profissional requer além de muito talento o apoio financeiro e devido a falta de condições financeira muitas promessas ficam pelo meio do caminho. Graças a Deus pessoas que entendem a importância do esporte para o crescimento da sua própria marca tem nos ajudado, mas sei que muitos ainda podem também colaborar com esse projeto. Tenho esperança outros empresários irão se juntar a nós para elevar cada vez mais o nome do nosso município”, ressaltou Dony.

PROJETO VENCEDORES

Dony Terrier atua junto ao "Projeto Vencedores" atividade filantrópica que existe há um ano e assiste cerca de 30 crianças. A parceria envolve trabalhos com muay thai e com boxe. "É uma maneira de tirar crianças da situação de vulnerabilidade social através do esporte. Mas, não faço sozinho. Tenho diversos parceiros que ajudam a transformar essa iniciativa em algo concreto", salienta o lutador. Assim como acredito no meu sonho e batalho por ele, quero que essas crianças também façam o mesmo e mudem positivamente seu destino", finaliza.

Do Portal Folha do Estado

Nenhum comentário: