BERG ARAGOM NOVO

BRASILGÁS

BRASILGÁS

Entec Informática

Entec Informática

Robério Transportes

Robério Transportes
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

domingo, 21 de maio de 2017

Bahia desinteressado perde para o Vasco no Rio: 2x1

Com a cabeça na decisão da Copa do Nordeste, o Bahia entrou em campo na manhã deste domingo com um time mesclado diante do pressionado Vasco e visivelmente desinteressado e em jejum com uma atuação bem distante daquilo que apresentou na estreia da Série A contra o Atlético-PR (6x2) e também na quarta diante do Sport-PE (1x1), e acabou derrotado no estádio de São Januário por 2x1, placar que poderia ser mais largo se não fosse as excelentes intervenções do goleiro Jeanzinho, ainda assim incapazes de evitar o revés no Rio de Janeiro que fará o tricolor descer algumas casas na tabela de classificação. 

Agora o Esquadrão dá uma pausa no Brasileiro e volta a focar no Nordestão, onde busca o seu tricampeonato na quarta-feira na Arena Fonte Nova completamente lotada diante do Sport precisando de um simples empate sem gols para levantar a taça.

Primeiro tempo de enorme supremacia e domínio do Vasco, porém, azar dos cariocas que pegaram um Jeanzinho num dia inspirado. Foram duas defesas sensacionais do goleiro em duas cabeçadas de Luís Fabiano, garantindo o 0x0 no placar na etapa inicial. O Bahia, por sua vez, jogou retraído no seu campo de defesa, apostando nos erros do adversário, reflexo disso os 35% de aproveitamento, o tricolor teve muita dificuldade para encaixar o contra-ataque e sofreu com a falta de entrosamento, algo natural e esperado, diferente da decisão do árbitro quando o vascaíno Jean derrubou Gustavo que ia de encontro ao goleiro. Por ser o último homem, esperava-se naturalmente o cartão vermelho, só que o Juizão "amarelou" e aplicou apenas a chapa amarela. Ficou barato, de graça!

Mesmo com o ataque titular no segundo tempo (Allione, Zé Rafael e Edigar), o Bahia seguiu desinteressado no jogo, dando muito espaço e chamando o Vasco para seu campo, e a pedra já cantada saiu aos 7 minutos num cochilo da defesa tricolor deixando Yago Pikachu livre para marcar, aos 29 nasceu o segundo com Luís Fabiano apesar de todo esforço de Jeanzinho que vinha trabalhando bastante. 

Com a dificuldade de colocar a bola no chão e trocar passes, o Esquadrão ameaçou somente em bolas alçadas na área procurando o centroavante Gustavo, todas elas errando o alvo, no entanto, quando recebeu a pelota redonda no chão, Gustagol fuzilou Martín Silva aos 37 deixando o de honra. Apesar do gol, a reação parou por aí e no final do embate restou tempo apenas para expulsão do descabeçado lateral Pablo Armero. 

Do Portal Futebol Bahiano

Nenhum comentário: