Prêmio Fama

Prêmio Fama

Lucas Chicabana

Lucas Chicabana

BERG ARAGOM NOVO

BRASILGÁS

BRASILGÁS

Banner do Futsal Barbarense

Banner do Futsal Barbarense

Entec Informática

Entec Informática

Robério Transportes

Robério Transportes
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Você sabia que o Bahia já enfrentou a Seleção Brasileira? Último jogo em 1987 foi 0x0, com Zanata defendendo o Brasil; veja as fichas técnicas

A Seleção Brasileira, esteve em Salvador pela primeira vez no ano de 1934 quando realizou uma serie de amistosos contra Galícia, Ypiranga, Vitória, Bahia e Seleção Baiana, todos os jogos realizados no antigo Campo da Graça, o Brasil ficou sem se apresenta em Salvador por um longo tempo, com uma nova praça esportiva construída o Estádio Otávio Mangabeira a popular ” Fonte Nova”, várias tentativas de trazer a Seleção Canarinha para jogar na capital baiana foram feitas, devido a falta de organização em nosso futebol, principalmente na década de 60, a CBD recusava os convites.
Em 1969 finalmente durante a preparação para a disputa das eliminatórias para a Copa do México em 1970, o Brasil desembarcou em Salvador para fazer um amistoso contra o Bahia e pela primeira vez se exibir na Fonte Nova, com lotação esgotada para a epóca que era de 35.000 pagantes, mais com um numero superior a 40.000 pessoas prestigiaram o time de feras de João Saldanha.
Entre 1969 a 1999 foram 12 jogos sendo 2 jogos realizados pela Seleção de Novos ou Olímpica.
Entre os jogos oficiais e amistosos a Seleção Brasileira jamais sofreu derrota aonde nasceu o Brasil  “ Na terra do axé” a Seleção Canarinha é só alegriaNesse período houve uma separação, causada por Sebastião Lazzaroni que deixou fora da Copa América de 1989 , os baianos Bobô e Charles que foram campeões brasileiro pelo Bahia, com direito a vaias e chuva de ovos.
Outro fato é que a Seleção sempre esteve aqui em anos terminados com 9 ou seja em 1969, 1979, 1989 e 1999.
BRASIL 4 X 0 BAHIA
Data : 06/07/1969
Local : Estádio da Fonte Nova
Árbitro: Arnaldo César Coelho

Gols: Pelé, Jairzinho, Edu e Tostão (Bra).
Brasil: Felix (Claudio); Carlos A. Torres, Djalma Dias, Camargo e Rildo (Everaldo); Clodoaldo (Piazza), Gerson (Rivelino); Jairzinho, Pelé (Dirceu Lopes), Tostão e Edu. Tec. João Saldanha.
Bahia: Marco Aurélio; Mura, Zé Oto, Adevaldo, Paes ; Amorim (Aílton), Elizeu -;Jair (Arthur), Zé Eduardo (Adauri), Sanfilipo, Oton (Gagé). Tec. Marinho Rodrigues.
BRASIL 1 X 1 SELEÇÃO BAIANA
Data: 05/07/1979
Local: Estádio da Fonte Nova
Cidade: Salvador
Árbitro: Sebastião  Rufino

Gols: Juari (Bra) e Dendê (Bah).
Seleção Baiana: Gélson; Joca, Zé Preta, Zé Augusto, Ricardo (Edmílson); Edson Silva, Sena (Dendê), Douglas; Wilton (Tatá), Beijoca, Washington Luís (Léo Oliveira). Tec. Aymoré e Zezé Moreira.
Brasil: Carlos; Mauro( Carlos A. Barbosa), Rondinelli, Edinho e Pedrinho; Batista, Adilio e Guina (Tita); Paulinho (Zé Sérgio), Juari e Zezé. Tec. Claudio Coutinho.
Jogo disputado pela Seleção Olimpica.
BRASIL 1 X 0 ESPANHA
Data : 08-07-1981
Local : Estádio da Fonte Nova
Árbitro: Charles White – Inglaterra

Gols: Baltazar
Brasil: Valdir Peres; Getulio (Perivaldo), Juninho, Luizinho (Edinho) e Junior; Toninho Cerezo, Socrates e Zico; Paulo Isidoro, Baltazar e Eder. Tec. Telê Santana
Espanha: Arconada; Camacho, Tendillo, Alexanco, Gordillo; Joaquín, Alonso, Zamora; Juanito, Satrustegui (Santillana), Sanchez. Tec. José Santamaria.
BRASIL 1 X 1 URUGUAI
Data : 04-11-1983
Local : Estádio da Fonte Nova
Árbitro E. Perez (Peru)

Gols: Jorginho (Bra) e Aguilera (Uru).
Brasil: Leão; Paulo Roberto; Marcio Rossini, Mozer e Junior; China, Socrates e Tita (Renato Gaúcho); Jorginho, Roberto Dinamite (Careca) e Eder. Tec. Carlos A. Parreira.
Uruguai: Rodolfo Rodríguez; Diogo, Gutierrez, Acevedo, Washington González; Agresta, Barrios, Francéscoli; Aguilera (Bossio), Cabrera, Acosta (Venancio Ramos). Tec. Omar Borrás.
BRASIL 2 X 1 ARGENTINA
Data : 05-05-1985
Local: Estádio da Fonte Nova
Árbitro: E. Nuñes (Peru)

Gols: Alemão e Careca (Bra) e Burruchaga (Arg)
Brasil: Paulo Vitor; Edson, Oscar, Mozer e Branco; Dema, Alemão e Casagrande; Bebeto (Mario Sérgio), Careca (Reinaldo) e Eder. Tec. Evaristo de Macedo.
Argentina: U. Fillol; N. Clausen (J. Rinaldi), J. Brown, O. Ruggeri, O. Garré; J. Ponce (M. Vanemerak), J. Barbas, M. Trobbiani (E. Trossero), J. Burruchaga; R. Gareca (O. Dertycia), P . Pasculli. Tec. Carlos Bilardo.
BRASIL 0 X 0 BAHIA
Data: 31/3/1987
Local: Estádio da Fonte Nova
Árbitro: José de Assis Aragão
Brasil: Zé Carlos, Zanata, Pinga, Ricardo Rocha (Denílson) e Eduardo (Nelsinho); Douglas e Bernardo (Evair); Mauricinho (Sérgio Araújo), Bebeto, Mirandinha e Valdo. Técnico: Carlos Alberto Silva.
Bahia: Rogério; Rogério, Zé Carlos, Pereira, Claudir, Edinho ; Sales, Leandro, Bobô (Émerson) ; Hêider (Guaraci), Ronaldo Marques (Charles), Sandro (Sousa).
Jogo disputado pela Seleção Olimpica.
BRASIL 3 X 1 VENEZUELA
Data: 01/07/1989
Local: Estádio da Fonte Nova – Copa América
Árbitro: J. Cardelino (Uruguai)
Gols: Baltazar, Bebeto e Geovani (Bra) Maldonado (Ven)
Brasil: Taffarel, Mazinho, Ricardo Gomes, Mauro Galvão e André Cruz; Geovani, Valdo e Branco; Tita (Silas), Bebeto (Baltazar) e Romário. Técnico: Sebastião Lazzaroni.
Venezuela: Baena, Acosta, Torres, Laureano, Paz – W. Pacheco, Añor, Maldonado – H. Rivas (R. Cavallo), Pedro Febles (Marques), S. Rivas
Técnico: Carlos Horacio Moreno.
BRASIL 0 X 0 PERU
Data: 03/07/1989
Local: Estádio da Fonte Nova – Copa América
Árbitro: H. Silva (Chile)
Brasil: Taffarel, Alemão, Aldair, Ricardo Gomes, Mauro Galvão e Branco; Dunga, Geovani e Valdo (Renato Gaúcho); Bebeto e Romário (Baltazar). Técnico: Sebastião Lazzaroni.
Peru: J. Purizaga, J. Carranza, P. Requena, Jorge Olaechea, Percy Olivares – W. Valencia (J. Talavera),  J. Reynoso, José Del Solar, J. C. Uribe – Franco Navarro (César Chávez), Hirano (F. Massanero). Técnico: Pepe.
BRASIL 0 x 0 COLÔMBIA
Data: 06/07/1989
Local: Estádio da Fonte Nova – Copa América
Árbitro: E. Jácome (Equador)
Brasil: Taffarel, Alemão (Mazinho), Aldair, Ricardo Gomes, Mauro Galvão e Branco; Dunga, Geovani e Valdo; Renato Gaúcho e Baltazar (Bebeto). Técnico: Sebastião Lazzaroni.
Colômbia: R. Higuita, W. Pérez, L. Perea, A. Escobar, C. Hoyos – B. Redin, Gabriel Gómez, L. Alvarez, Carlos Valderrama -  R. Hernandez (S. Angulo), A. Iguarán (W. Cabrera). Técnico: Francisco Maturana.
BRASIL 2 x 0 URUGUAI
Data: 11/10/1995
Local: Estádio da Fonte Nova – Amistoso
Árbitro: J. J. Torres (Colômbia)
Gols: Ronaldo (2)
Brasil: Carlos Germano, Cafu, André Cruz, Márcio Santos (Narciso) e Roberto Carlos (Zé Roberto); Mauro Silva, Amaral, Rivaldo e Giovanni; Bebeto e Ronaldinho (Sávio). Técnico: Zagallo
Uruguai: Ferro, Méndez, Herrera, Moas, Montero (Adinolfi) – Bengoechea, Gutiérrez (Gonsalez), Saralegui (Vanzini), Poyet – Martinez (Magallanes), O’Neill (Aberon). Técnico : Héctor Nuñez.
BRASIL 4 X 2 EQUADOR
Data: 10/09/1997
Local: Estádio da Fonte Nova – Amistoso
Árbitro: Jorge Nieves (Uruguai)
Gols: Denílson, Dodô (2) e Émerson.(Bra) ; Aguinaga, Maldonado (Eqd)
Brasil: Carlos Germano (Zetti), Cafu (Russo), Júnior Baiano (Cléber), Gonçalves e Zé Roberto; Mauro Silva, Émerson, Rivaldo (Zinho) e Denílson; Dodô e Sonny Anderson (Christian). Técnico: Zagallo
Equador: Cevallos, Rivera (Coronel), Montaña, Tenório, Ulisses de la Cruz – Blandon, Carabalí, Sánchez, Gavica (Aguinaga) – Graziani (Maldonado) (Smith), Osvaldo de la Cruz (Valencia). Técnico: Francisco Maturana
BRASIL 2 X 2 HOLANDA
Data: 05/06/1999
Local: Estádio da Fonte Nova – Amistoso
Árbitro: Epifânio Gonzalez (Paraguai)
Gols: Amoroso, Giovanni (Bra), Kluivert, Van Vossen (Hol)
Brasil: Dida; Evanílson, Antônio Carlos, Aldair, Roberto Carlos; Émerson, Djair, Leonardo (Juninho), Rivaldo (Zé Roberto); Giovanni (Denílson) e Amoroso (Roni). Técnico: Wanderley Luxemburgo.
Holanda: Van der Sar, Reiziger (Ooijer), Konterman, Frank de Boer, Van Bronckhorst  Ronald de Boer (Zenden), Seedorf, Davids, Cocu (Van Vossen) Van Nistelrooy, Kluivert. Técnico: Frank Rijkaard.
Textos: Galdino Silva
Pesquisa Jogos: Site Reocities 85 de jogos da Seleção Brasileira.
Do Portal Cacellain

Nenhum comentário: