BRASILGÁS

BRASILGÁS

Entec Informática

Entec Informática

Robério Transportes

Robério Transportes
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Paraná quebra a banca do Vitória e vence no Barradão

Deu tudo errado. O Vitória vinha de uma sequência fantástica com 22 jogos, 19 triunfos sendo 9 delas de forma consecutiva e prestes a obter uma marca histórica de 10 triunfos no mesmo embalo, seis jogos sem levar gols e em 90 minutos contra um adversário modesto e daquele simplório  mandou tudo para os ares quando perdeu hoje à noite mesmo atuando dentro do Barradão, para o Paraná Clube pelo placar de 2 x 0.
Resultado completamente inesperado e listado com um autentica zebra pelo momento que atravessa o Leão somado com a pouca qualidade do adversário. Agora só resta duas alternativas ao Leão. Precisa devolver o placar na próxima quarta-feira, (dia 19) agora no Estádio Durival Britto e Silva em Curitiba para levar a decisão para os pênaltis ou vencer por com uma diferença de 3 gols para avançar até as oitavas de finais da competição. Tarefa que me parece impossível.

O primeiro tempo de Vitória e Paraná foi quase integralmente de domínio rubro-negro. No entanto, uma supremacia completamente inconsequente e improdutiva. Teve o controle do jogo. A posse de bola e dono da maioria das ações ofensivas. PORÉM sem levar perigo ou até mesmo simplesmente incomodar o goleiro Léo do time paranaenses, exceto já nos acréscimos em uma única oportunidade real com o lateral Patric. 

Antes disso, já por volta dos 30 minutos da etapa, Paraná se apercebeu que estava diante de um adversário inoperante e ineficiente, perdeu medo, tomou coragem, equilibrou o jogo, ameaçou em duas oportunidades a meta defendida pelo goleiro Fernando e acabou abrindo o placar na terceira tentativa, com Airton escorando cobrança de escanteio aos 47 minutos, quebrando uma seqüência de seis jogos do Leão sem tomar gol.

No segundo tempo quando se esperava uma reação rápida do Leão, nada aconteceu. Apático e controlado pelo Paraná Clube o Leão não ameaçou o surpreendente triunfo paranaenses apesar de o técnico Argel Fucks ter se utilizando do material disponível no banco de reserva. Pelo  contrario, foi o Paraná que através de Guilherme Biteco que fez o segundo abrindo uma boa margem de gols para o 2ª jogo e jogando um balde de gelo na esperança do torcedor do leão que ainda acreditava pelo menos num empate.  Sem dúvida uma derrota que não esteve nos planos nem mesmo do mais pessimista torcedor do Leão.

Agora o problema do Vitória é pelo Campeonato Baiano em uma outra decisão no próximo Domingo quando no Estádio Lomanto Junior encara o Vitória da Conquista pelo primeiro jogo das semifinais do torneio promovido pela Federação Baiana de Futebol. A partida está agendada para acontecer ás 16h.

Do Portal Futebol Bahiano

Nenhum comentário: