Prêmio Fama

Prêmio Fama

Lucas Chicabana

Lucas Chicabana

BERG ARAGOM NOVO

BRASILGÁS

BRASILGÁS

Banner do Futsal Barbarense

Banner do Futsal Barbarense

Entec Informática

Entec Informática

Robério Transportes

Robério Transportes
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

domingo, 9 de abril de 2017

Bahia afrouxa, e Vitória ganha o primeiro BAVI de 2017

No segundo grande TESTE de 2017 e o primeiro BAVI do ano, Hernane não cumpriu sua promessa de gol e o Bahia AFROUXOU novamente frustrando sua torcida que compareceu em peso para apoiar o time na Arena Fonte Nova. 

Os comandados de Guto Ferreira até mostraram vontade e esforço no segundo tempo após estarem tomando 2 a 0 e com desvantagem numérica depois da expulsão de Tiago no 1º minuto da etapa final, no entanto, o máximo que conseguiram foi um gol contra de Alan Costa que diminuiu o placar, mas não diminuiu o vexame. 

O resultado mantém o Leão 100% no Campeonato Baiano, e destrói a invencibilidade do Esquadrão no estadual e os 100% de aproveitamento como mandante na temporada.

Os primeiros 45 minutos na Arena Fonte Nova foram bem agitados, como é de costume em clássicos BAVI. Tensão, nervosismo, entradas duras, confusões, muita reclamação e gols, MAS, só de um lado. O Bahia, como de costume, tentou se impor e trocar passes, mas não conseguiu transformar em oportunidades, sem inspiração na parte ofensiva e muito desligado na parte defensiva. O Vitória, por sua vez, esperou por erros do rival e foi eficiente quando apareceu. Aos 44 minutos, Cleiton Xavier abriu o placar após um contra-ataque rápido. Quatro minutos depois, em cobrança de escanteio, Kanu mandou de cabeça para ampliar o placar e levar uma vantagem considerável para o intervalo.

No segundo a situação que já não era da melhores ficou ainda pior para o Bahia com a expulsão direta de Tiago no primeiro minuto de jogo, diga-se, que até acendeu o tricolor no jogo e mesmo com 10 homens foi para o tudo ou nada e de forma aguerrida achou o gol de honra com Alan Costa mandando contra o patrimônio. 

Nos momentos finais, o jogo ficou mais aberto e movimentado, com chances reais de gol para os dois lados obrigando os goleiros Anderson e Fernando Miguel a trabalharem dobrado impedindo que as redes fossem balançadas mais uma vez e dando números finais ao primeiro Bavi de 2017 que termina de forma positiva para o Leão vencendo por 2x1 e negativa para o Esquadrão que perde dentro de casa após longos 9 meses de invencibilidade.  

Próximos compromissos
O Bahia agora terá uma semana para esfriar a cabeça e só volta à campo no domingo (16), às 18h30, pelo primeiro jogo da semifinal do Campeonato Baiano diante do Fluminense de Feira, no Joia da Princesa. Enquanto o Vitória se prepara para primeira decisão pela quarta fase da Copa do Brasil contra o Paraná, quinta (13), no Barradão, às 19h15. 

Do Portal Futebol Bahiano

Nenhum comentário: