Prêmio Fama

Prêmio Fama

Lucas Chicabana

Lucas Chicabana

BERG ARAGOM NOVO

BRASILGÁS

BRASILGÁS

Banner do Futsal Barbarense

Banner do Futsal Barbarense

Entec Informática

Entec Informática

Robério Transportes

Robério Transportes
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

sábado, 15 de abril de 2017

Avó é condenada à prisão perpétua por torturar neta com fantasia de bruxa

Foto: Reprodução / Gadoo
Foto: Reprodução / Gadoo
Uma mulher de 51 anos foi condenada à prisão perpétua por agredir física e psicologicamente a própria neta, de sete anos. A avó, Geneva Robinson, costumava se vestir de bruxa – a personagem "Nelda", criada por ela – para aterrorizar a criança com sustos, tapas, chutes, beliscões, queimaduras e outros tipos de tortura. O crime ocorreu na cidade de Oklahoma, nos Estados Unidos, entre junho e setembro de 2014. Nesse período, os pais da criança se separaram e ela foi morar com a avó. 

Segundo informações de O Globo, Geneva chegou a bater na garota com chicote e ainda a cortar o cabelo dela enquanto a menina dormia. Cúmplice no caso, o namorado da avó, Joshua Grander, de 33 anos, colaborava com as agressões como o demônio “Coogro”, outro personagem criado por eles. Ele foi condenado a 30 anos de prisão. 

Os ataques à menina incluíam impedi-la de frequentar a escola junto com seus três irmãos – eles também viviam com os réus. Por vezes, eles colocavam uma coleira de cachorro na criança, a penduravam no teto da garagem pelos braços e a chicoteavam. 

A menina também era forçada a dormir alguns dias do lado de fora da residência, junto com os cães. De acordo com a publicação, os promotores relatavam que ela também não era alimentada de maneira adequada.

Do Portal NS

Nenhum comentário: