Berg da Aragom

BRASILGÁS

BRASILGÁS

Entec Informática

Entec Informática

Robério Transportes

Robério Transportes
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Prefeito de Serrinha vai a Brasília para solucionar problemas deixados pela gestão anterior

Com o objetivo de solucionar vários problemas deixados pela gestão passada nas áreas da Agricultura familiar e Educação, o Prefeito de Serrinha, Adriano Lima, está em Brasília desde o último dia 7 (terça-feira), acompanhado do Deputado Federal Lúcio Vieira Lima (PMDB), do Prefeito de São Domingos, Isaque Junior, e do tesoureiro do partido Solidariedade (Bahia), Luciano.

A primeira conversa aconteceu com a assessoria parlamentar do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), representado por Diogo Teles, com o Secretário Geral da Casa Civil, Jeferson Cotiteac, e o Ministro da Integração nacional, Helder Barbalho (PMDB).

Durante a conversa, Adriano fez questão de mostrar o quanto seria importante para a nossa cidade o reconhecimento do estado de emergência que foi decretado na gestão passada, que acabou sendo indeferida pelo Governo Federal. 

Destacou a importância de se acelerar o processo de urgência e emergência para que de forma imediata possa ser feito um trabalho na zona rural do município: “Com o pedido de estado de emergência, nós estaremos realizando de forma mais rápida e com mais qualidade a limpeza de nossos açudes, liberações de semente para o agricultor familiar, o apoio do Exército no abastecimento de água através de carros-pipa, assim como outros serviços relevantes para o nosso homem do campo”, pontuou Adriano.

Nesta quarta e quinta-feira (8 e 9), o Prefeito se reunirá também com representantes do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) com o intuito de destravar convênios pendentes, os quais estão bloqueando a  continuidade das obras em quatro creches e uma escola, que foram abandonadas pela gestão Osni Cardoso: “Nós  estamos correndo o risco iminente de que todas as verbas da Educação sejam bloqueadas. A nossa vontade aqui é resolver esses problemas pendentes. Isso é uma das prioridades do início da nossa gestão”, disse Adriano.

SECOMS

Nenhum comentário: