Berg da Aragom

BRASILGÁS

BRASILGÁS

Entec Informática

Entec Informática

Robério Transportes

Robério Transportes
NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE!

VENDE-SE UM TERRENO MEDINDO 11 TAREFAS. TABULEIRO ÓTIMO PARA CHÁCARA PRÓXIMO À CAIXA D'ÁGUA EM BANDIAÇU, CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA, COM ÁGUA ENCANADA, ENERGIA ELÉTRICA E INTERNET PRÓXIMAS.

CONTATOS: (71) 99296-1175 (75) 99819-7823, 98124-9844 (Evódio), 99121-4433 e 98155-9060.

sábado, 4 de fevereiro de 2017

Ataque funciona, Bahia vence e defesa segue imbatível

Utilizando força máxima, o Bahia foi novamente colocado à prova na temporada 2017, agora pela encantadora Copa do Nordeste e diante do tímido e inofensivo Moto Club no estádio de Pituaçu com público tímido neste sábado, mas quem foi ao Pituaço saiu satisfeito pelo que viu em campo. 

Um time mais lúcido, consistente, uma defesa sólida e ainda imbatível em jogos oficiais, 4 jogos (360 minutos) sem ser vazada, no entanto, um ataque que ainda precisa amadurecer e evoluir MUITO, mas já dá sinais de melhora, é claro, quando colocado em campo o que se tem de melhor. Com dois gols de bola parada (um de falta e outro de pênalti), o Esquadrão venceu sem sustos ou sobressaltos, chegou aos 4 pontos e assumiu a liderança do Grupo B da "Lampions League". 

Diante de uma equipe que não ofereceu perigo quase momento nenhum e só conseguiu ameaçar no fim da etapa inicial, o Bahia mandou em campo, dominou com 63.8% de posse de bola, triangulações e jogadas pelos lados, criou boas chances de gol, mas faltou mais agressividade na hora da conclusão para abrir um placar mais confortável em jogos como esse. 

Com dois volantes de mais contenção (Edson e Renê), e um trio de meias inspirado com Allione aberto pela esquerda, Zé Rafael pela direita e Régis centralizado, diga-se, este último o grande destaque dando dinâmica ao meio de campo, algo que não vinha acontecendo, e jogando mais próximo dos "pontas", além disso, foi o autor do primeiro gol tricolor aos 26 minutos em bela cobrança de falta. Na frente, Hernane foi bem, se movimentou, fez o papel de pivô, saiu da área, buscou jogo, sofreu faltas perigosas, mas ainda um pouco longe do que se espera dele como camisa 9.  

No segundo tempo, o cenário foi o mesmo. Quase um treino de ataque contra defesa. O Bahia mais incisivo, tocando a bola e sufocando o Moto Club que pouco pisou no campo de ataque, não lembro de ter visto Jean pela TV na etapa final, inclusive, deveria ter pedido um sofá ou uma cama para não ficar o tempo todo em pé. 

Mas o Tricolor só foi aumentar o marcador aos 28 minutos após pênalti sofrido e convertido pelo brocador Hernane que finalmente desencantou em 2017. Era jogo para 3 ou 4 gols, no mínimo, e sendo modesto. Mas independente do placar, o importante foi o triunfo aliado a uma atuação segura, onde dificilmente se achou pontos negativos, todo o time foi bem e no final das contas são 3 pontos somados e a liderança do Grupo B com 4 pontos.

Do Portal Futebol Bahiano

Nenhum comentário: